29 dezembro 2012

Resenha: Julieta - Anne Fortier

Julieta
Julie Jacobs e sua irmã gêmea, Janice, nasceram em Siena, na Itália, mas desde os 3 anos foram criadas nos Estados Unidos por sua tia-avó Rose, que as adotou depois de seus pais morrerem num acidente de carro. Passados mais de 20 anos, a morte de Rose transforma completamente a vida de Julie. Enquanto sua irmã herda a casa da tia, para ela restam apenas uma carta e uma revelação surpreendente: seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei. A carta diz que sua mãe havia descoberto um tesouro familiar, muito antigo e misterioso. Mesmo acreditando que sua busca será infrutífera, Julie parte para Siena. Seus temores se confirmam ao ver que tudo o que sua mãe deixou foram papéis velhos – um caderno com diversos esboços de uma única escultura, uma antiga edição de Romeu e Julieta e o velho diário de um famoso pintor italiano, Maestro Ambrogio. Mas logo ela descobre que a caça ao tesouro está apenas começando. O diário conta uma história trágica: há mais de 600 anos, dois jovens amantes, Giulietta Tolomei e Romeo Marescotti, morreram vítimas do ódio irreconciliável entre os Tolomei e os Salimbeni. Desde então, uma terrível maldição persegue essas duas famílias. E, levando-se em conta a linhagem e o nome de batismo de Julie, ela provavelmente é a próxima vítima. Tentando quebrar a maldição, ela começa a explorar a cidade e a se relacionar com os sienenses. À medida que se aproxima da verdade, sua vida corre cada vez mais perigo. Instigante, repleto de romance, suspense e reviravoltas, Julieta – livro de estreia de Anne Fortier – nos leva a uma deliciosa viagem a duas Sienas: a de 1340 e a de hoje. É a história de uma lenda de mais de 600 anos que atravessou os séculos e foi imortalizada por Shakespeare. Mas é também a história de uma mulher moderna, que descobre suas origens, sua identidade e um sentimento devastador e completamente novo para ela: o amor. Skoob

Autora: Anne Fortier
Editora: Arqueiro
Páginas: 448
Nota: 5/5 FAVORITO

O livro Julieta nos conta a história de Julie Jacobs, uma jovem reservada e quieta. Julie tem uma irmã gêmea, Janice, que é o oposto dela. Por enquanto que Julie tem uma personalidade calma e tranquila, Janice é terrível, tem uma personalidade forte e teimosa.

Elas nasceram em Siena, na Itália , mas foram levadas quando crianças para os Estados Unidos pela sua tia Rose, pois seus pais morreram em um acidente muito grave.

Depois que se tornaram adultas e com a morte da tia Rose, Julie é deixada apenas com uma carta, e sua irmã Janice herda a casa da tia. E nessa carta ela descobre que seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei. Ela então volta para Siena para descobrir mais sobre seu passado e resgatar um tesouro da família. Julie  apenas encontra alguns papeis, um livro de Romeu e Julieta e um diário. E será nesse diário que ela vai começa a descobrir sobre seus antepassados.

Somos levados então a 1340, onde dois jovens extremamente apaixonados, Giulietta Tolomei e Romeu Marescotti ,são vítimas de um amor proibido e de uma tragédia, que por causa do ódio das famílias Tolomei e Salimbeli, deixaram um rastro de violência e uma maldição que perseguem essas famílias até hoje.

Uma história de um amor proibido, mas que tinha tudo para dar certo,só que foi interrompido pelo ódio e inveja daqueles que queriam poder. O livro alterna entre o presente e o passado, e somos levados a uma história que trouxe muita dor e sofrimento. Julie passar a enfrentar muitas provações e seu objetivo é quebrar a maldição, pois ela também corre muito perigo.

Ao longo da história somos envolvidos em muitas reviravoltas, e quando pensamos que uma coisa está certa, logo descobrimos que não era assim e navegamos pelas informações e quando descobrimos o resultado de toda a história ficamos eletrizados pelo rumo que a autora tomou. Todos pensam que mais uma vez a história irá se repetir, mas percebemos que nós escrevemos nossa história, e não os outros, e que nossas escolhas e atitudes e que vai determinar o que vamos ser.

Um livro que também mostra o amor, de que ele é forte e poderoso, que nem mesmo uma maldição pode quebrar algo que começou muita antes de ser invocada. E que nem mesmo os anos pode combater a eletrizante força que ele pode causar na pessoa amada. Um livro ótimo, cheio de aventura e bem detalhado que faz você querer mais e mais.


Quotes:
''E assim teve início minha viagem de volta a Siena do ano de 1340 e a meu parentesco com a mulher que havia compartilhado meu nome."
''O que vi em seus olhos me foi tão estranho quanto um litoral estrangeiro, depois de noites intermináveis no mar; por trás da folhagem da mata, intuí a presença de uma fera desconhecida, uma criatura primitiva esperando que eu desembarcasse. Não sei o que ele viu nos meus, mas, fosse o que fosse, o levou a baixar a mão."
''Alessandro se virou para me encarar com uns olhos cor de alecrim seco, olhos que fariam Janice dançar uma rumba pela casa só de lingerie, usando uma escova de cabelo como microfone."




6 comentários:

  1. Parabéns pela resenha Jessy! Já li Julieta e curti bastante. Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha, Jessy! Acho a capa desse livro muito bonitinha. Fiquei com vontade de ler, acho que isso pode ocorrer em um futuro próximo. Quem sabe, né?
    Beijo!
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Jessica! Gosto muito de enredos que falem sobre maldições e amore impossíveis. Sempre são a receita perfeita para risos e lágrimas. Sou uma romântica das grandes. Beijos!! Cida

    ResponderExcluir
  4. Fui atraída pela capa, até que comprei e li no ano passado. Foi uma deliciosa surpresa, é um livro muito bem escrito e que eu recomendo para todos, além de estar entre os meus favoritos. É muito legal ver que mais gente está conhecendo essa história.
    Beijos,

    Anna - Querida Prateleira
    http://queridaprateleira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. O livro me foi interessante por se tratar de uma maldição vinda de um amor tão antigo e tão conhecido, achei a ideia muito legal.
    Mas não gosto de romances demais, e esse me parece ser muitooooo romântico, não que eu não seja um pouco romântico também, mas romance demais enjoa.. rs

    E adorei sua resenha, ficou ótimo e bem detalhista.

    Bjão!
    ^^

    livronasmaos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Jessy, linda a sua resenha!! Também resenhei o livro lá no blog...gostei D+++. É um romance histórico muito bem desenvolvido..Ao contrário do que escrevu o Markos aqui nos comentários, não tem muito romance..está na medida certa! Nem mais, nem menos...heheheh bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!



ilustração por Lanillu | desenvolvido por Sete Coisas | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT © 2014