07 fevereiro 2013

Resenha: Rip Tide - Kat Falls

Rip Tide

Em Rip Tide, Kat Falls traduz em palavras imagens incríveis do mundo subaquático mantendo o enredo em torno da cidade afundada encontrada pelos protagonistas e o sequestro dos pais de um deles. Nessa nova aventura Ty e Gemma têm um grande desafio pela frente e antigos rivais têm de unir forças para enfrentar o novo inimigo. Dando sequência ao livro anterior, Kat Falls mergulha Ty e Gemma em labirintos obscuros, cheios de surpresas. Ty descobre uma cidade afundada, onde todas as pessoas estão mortas e trancafiadas em túmulos congelados debaixo d’água. Quem poderia ter feito isso? Skoob




Autora: Kat Falls
Editora: Autores Associados (Selo Ciranda de Letras)
Páginas: 320
Nota: 5/5

Leia o primeiro livro da série: Dark Life 

Nesse segundo livro temos mais ação e perigo para o  jovem Ty. Em Dark Life conhecemos a história de Ty, uma garoto que vive no fundo do mar. Em Rip Tide acompanhamos a jornada desse protagonista em busca de algo muito importante.

Primeiramente lemos que Gemma está tentando se habituar com a nova vida marítima, mas logo depois acontece um fato muito grave e Ty acaba encontrando uma Comuna, que é um navio-cidade, onde todos os habitantes desse barco estão mortos. Nessa Deriva estavam os demos, que são indivíduos considerados selvagens, perigosos e ameaçadores. A maioria deles andam armados com tridentes, adagas, arcos e aljavas de flechas com dentes de tubarão na ponta. Alguns também possuem tatuagens geométricas e a cabeça raspada e também várias cicatrizes ou alguma parte do corpo amputada. A única coisa que me incomodou no livro foi na parte da definição dos demos, a única definição concreta está assim:

''Demo - nome pelo qual passaram a ser conhecidos os indivíduos considerados como excedentes da explosão demográfica.''

Então as outras coisas fui descobrindo ao longo da leitura, mas queria que a autora quando mencionou os demos pela primeira vez tivesse escrito com mais detalhes. Então somos levados a Rip Tide, uma cidade marítima destinada aos Demos, e Ty e Gemma estarão no meio dessa cidade enfrentando um novo inimigo, mas logo encontrarão a Gangue Calamar, só que dessa vez Sombra, o líder da gangue, ajudará eles a descobrirem um fato muito importante para Ty.

A autora soube explorar muito esse segundo livro, onde temos uma narrativa mais envolvente e dinâmica. Kat criou um mundo totalmente diferente, só que fascinante.

Nesse segundo livro percebemos mais a autoridade do Governo e sua obsessão em controlar a população. Se em Dark Life a leitura foi leve em Rip Tide foi dramática. Pude perceber como os demos são excluídos de todos e que eles arriscam sua vida para proteger sua família, e também como  governo manipula as coisas, querendo só coisas ao seu favor, e nesse livro, foi bem mais distópico que o primeiro.

Nos raros momentos de felicidade, Ty e Gemma, nos envolve com esse romance inocente. Apesar de que eles não tem um relacionamento concreto, mas percebemos o quanto eles se amam. E o que achei mais legal é que eles são garotos de 15 anos e o relacionamento é puro e inocente.

Em algumas cenas que os demos estavam envolvidos eu chorei, onde udo que eles passam, todo aquela coisa maluca que eles fazem para ter comida em casa é assustador, e lemos também que Ty percebe que as aparências enganam e não podemos julgar as pessoas sem conhecer. O desfecho da série foi interessante e divertido e agora é esperar pelos filmes dessa história fantástica.

Quotes:
''..Ele repetia no momento a mesma expressão com uma malignidade redobrada: o bastante para fazer a minha pele se arrepiar.''
''Incline-me e a beijei, depois de reprimir o impulso por tanto tempo, eu finalmente recebera luz verde - mesmo que fosse indireta.''
''Essas pessoas não tinham sido forçadas a cruzar o arame farpado. Elas queriam estar do outro lado.''
''Não. Eu não podia pensar sobre que as pessoas da deriva estavam passando. Não agora. Não se quisesse estar pronto para entrar em ação.''
'' Ninguém é perfeito.''

4 comentários:

  1. Estou super curioso para ler essa série parece ser ótima ^^

    Beijos.
    Guilherme.
    http://umcompulsivoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ação e perigo (love, love, love). Eu não conheço muito a série, mas estou afim de ler, as capas são lindamente perfeitas. Amo, amo, amo livros que provocam sensações e deixam essa vontade de ler, que prende o leitor até a última página, estou precisando de livros assim!

    Beijos3

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela resenha, Jessy! Estou ficando cada vez mais interessada nessa série. Pelo visto esse é daqueles livros que não conseguimos tirar os olhos até acabar, e acho que ando precisando um pouco disso. Fora que o gênero é diferente do que estou lendo ultimamente.
    Beijo!
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha Jessy! Parece ser um livro bem impactante, apesar dos demos não terem ficado bem explícitos na história. Beijo!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!



ilustração por Lanillu | desenvolvido por Sete Coisas | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT © 2014