13 junho 2013

Resenha Nacional: Memórias Fictícias - Carina Corá

Memórias Fictícias

Quatro diários. Três seres. Uma busca em comum: chegar à superfície da realidade. Uma torre, um lago de cristal, olhos de universo presentes em tempos diversos, em vidas cruzadas e em memórias fictícias. Um mundo imaginário perdido no limbo de uma casa que abrigara relações misteriosas de uma família. Até que ponto suas memórias são verdadeiras? Através dos relatos de Coralina de Lilá, Bianca Giacomina e Érus atravessamos o fino limiar entre realidade e ficção. Skoob






Autora: Carina Corá
Editora: Novo Século ( Novos talentos da literatura Brasileira)
Páginas: 208
Nota: 4/5


''Existem segredos que não deveriam ser guardados''  Essa frase representa bem o livro. Existem segredos nesse livro que não deveriam ter sidos revelados, pois a trama é bastante complexa e traz relações desestruturadas.

O livro Memórias Fictícias é divido em quatro diários. O primeiro diário é narrado por Coralina, que conta sua história. Coralina de Lilá é uma típica adolescente que não se conforma com sua vida. Sua mãe, Tarsila, tenta dar a filha um futuro melhor e depois de vários empregos ela decide ir morar e trabalhar na casa da freira Bianca Giacomina. Bianca está ligada com a família de Tarsila e ela deseja saber mais sobre tal.

Coralina ao chegar à casa da freira é a única a enxergar uma torre na casa, onde apenas Bianca sabe sobre isso. A freira diz para ela que nunca poderá entrar nessa torre, mas todos sabem que quando alguém pede isso é a primeira coisa que fazemos. Coralina descobre algo muito irreal nessa torre: um mundo imaginário. Lá ela conhece Érus, que mostra para ela toda a essência de um mundo de magia.

Coralina passa a viver em um mundo de irrealidade, onde ninguém consegue ver esse mundo, apenas ela. Ao mesmo tempo em que está no mundo real ela também está no mundo de magia. Coralina está presente em seu quarto, mas seu pensamento está nesse mundo.

Érus e Coralina vivem em mundo de emoção, estabilidade e memórias. Eles vivem em suas memórias fictícias, entre magia e realidade. É um mundo complexo, que faz com que Coralina vá perdendo sua sanidade, então nos momentos que ela está lúcida escreve em um diário.

''Quanto mais fundo eu mergulho, mais perco a noção de onde é o chão e de onde é o céu.''

O livro é complexo, bastante complexo, que deixa o leitor confuso e louco para descobrir os segredos da trama. 

Na parte do diário de Coralina fiquei confusa, já que nesse primeiro diário as coisas ainda estão sendo desenroladas, mas quando chega aos outros diários eu pude compreender e entender toda a trama. No segundo e terceiro diário é narrado pela irmã Giacomina, que conta no segundo diário sua história, de como sofreu e está ligada com a família de Coralina. Já no terceiro diário conhecemos do ponto de vista da freira tudo que Coralina passou no livro.

No quarto e último diário é narrado por Érus, que nos apresenta o que realmente acontece e o porquê. Ele vai mostrando as pontas soltas e interligando a história. É um livro complexo - eu repeti isso quase em toda a resenha -, mas vocês tem que lerem e assim poderão entender toda a história.

Quotes:
''Eu não estava matando somente a mim mesma, mas a minha família também.''
''A mente pode controlar os sentidos. Não deixe sua alma se engana, não deixe seu corpo sofrer as consequências de escolhas que você tomou e que, todavia, não sabia que eram suas.''
''Há momentos na vida que parecemos pessoas rudes, indiferentes ao carinho do próximo, como se fôssemos amargas e não nos lembrássemos como se ama e se consola alguém. Na verdade, estamos mais sensíveis do que os outros, mas algo nos impede de demonstrar isso e até mesmo nossos olhos tornam- se janelas turvas.''

 

3 comentários:

  1. Oi, Jessy! Parabéns pela resenha. Essa história de mundo fictício me atraiu bastante, e pelo que li, acho que gostaria da leitura.
    Beijo!
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha Jessy. O livro parece ser uma excelente aventura, a começar por esses vislumbres fictícios. Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Oi Jessy, ja li esse li e amei.
    Estou organizando o primeiro book tour do livro,
    gostaria q vc divulgasse aqui no seu blog, dá uma lida nesse post e divulga.
    http://luadesangue1.blogspot.com.br/2013/06/book-tour-livro-memorias-ficticias-da.html

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!



ilustração por Lanillu | desenvolvido por Sete Coisas | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT © 2014