28 dezembro 2013

Resenha Nacional: Elas São Gêmeas - Paloma Duarte

Elas são gêmeas
Quando uma misteriosa mulher se encontra deixada pelo mar nas areias de uma praia desconhecida, sente em seu peito uma aflição atordoante por não recordar o que havia passado até ali. Vagando pela rua sem rumo, depara-se com um suposto restaurante abandonado, mas estava completamente enganada. Havia uma mulher que estava atrás do balcão velho de madeira escura. Na esperança de achar alguns trocados em seu bolso, encontra uma misteriosa carteira de um tal de Eduardo Simons. A partir dali, está decidida a descobrir o que seu passado havia lhe reservado. Seduzida por um pescador, depois de uma reviravolta, resolve descobrir sua identidade, seguindo para o Rio de janeiro. Lá, encontra sua família, revelando seu suposto nome, Carla, e se apaixonando pelo marido de sua irmã gêmea idêntica, Catarina. Combinando romance, mistério e aflição, Paloma Maria Duarte cria uma história que produz certa dúvida com a verdadeira identidade, fazendo marcar sua estreia literária. Extraordinariamente aflitivo, Elas são gêmeas mantém o suspense até a última página do primeiro volume da série. Skoob

Autora: Paloma Duarte
Editora: Baraúna
Páginas: 161
Nota: 3,7/ 5

O que você faria se seus piores inimigos fossem da sua família? Essa pergunta ficou martelando em minha cabeça até o final da leitura de Elas são Gêmeas, da autora Paloma Duarte. A história começa quando uma garota está numa praia e não sabe nada sobre si e nem onde se encontra, onde fica vagando sem rumo até encontrar ajuda. Depois de alguns acontecimentos e de muitas reviravoltas na trama, a jovem descobre por acidente que se chama Carla de Albuquerque e sua família residi no Rio da Janeiro e que possui uma irmã gêmea idêntica, Catarina de Albuquerque.

''Um novo começo, o sol brilhava forte lá fora e eu estava  em um quarto de hotel com quase a minha história de vida toda na mão, no coração e na mente.''

Carla tenta voltar a sua rotina, mas ainda não consegue descobrir o que aconteceu e para piorar parece que no passado era uma mulher sem coração e perversa, mas ela não se sente dessa maneira e tenta se redimir, só que não esperava ficar apaixonada por Jared Simons, noivo de sua irmã.

Carla tenta esquecer esse sentimento pelo cunhado, porém não é nada fácil porque Jared costuma confundir as irmãs e acaba que algumas vezes ele pensa que ela é Catarina, então acaba acontecendo algumas cenas engraçadas.

Catarina Albuquerque é uma jovem bonita, inteligente, mas tem uma personalidade perversa e cruel, ao ponto de eu sentir nojo dela. Na frente de Jared ela é um amor, porém quando está sozinha mostra sua verdadeira identidade. Jared é o bonitão da trama, com um corpo escultural e um personalidade doce, sincera e emotiva, mas em alguns momentos eu fiquei indignada com ele, porque confunde as irmãs com muita naturalidade e também não consegue perceber as coisas que estão bem ao seu redor.

Um livro que mostra que nossos piores inimigos podem ser do nosso próprio sangue e que a maldade de um ser humano não tem limites, onde os segredos mais obscuros estão guardados a sete chaves, mas que eles também podem ser descobridos e destruir uma família inteira. Paloma Duarte mostra claramente a identidade de uma pessoa ruim, onde todas as armações e mistérios que esse indivíduo pode carregar, mas também nos faz perceber como o amor, o perdão e a busca para descobrir a si mesmo pode ser a chave para abrir um baú de mistérios.

''O amor será plantado, o amor jamais será arrancado.''

Em alguns momentos a narrativa é alternada entre Carla, Catarina, Jared e a mãe das meninas, a senhora Rosana. Elas são gêmeas possui muito reviravoltas e ficamos impressionados como uma pessoa é capaz de fazer planos para destruir outra pessoa.

Uma coisa que realmente me incomodou na leitura foi que a narrativa é um pouco rápida, em menos de 50 páginas já sabemos quase toda a história e eu queria algo mais detalhado e que não houvesse essa correria para contar os fatos da trama. Acabei encontrando alguns erros de revisão que acabou atrapalhando na leitura, mas um detalhe bem importante no livro é a capa que representa bem a história.

Quotes:
''Atropelada pela vida ou pelo destino? Estava amargurada, decepcionada e totalmente sem esperança.''
''Talvez levasse toda aquela aflição junto, por isso, a sensação, ao menos.''


15 comentários:

  1. Já tinha visto esse livro aqui mesmo acho! A Capa super chama atenção!
    Gostei da resenha, mas não sou muito fã de livro muito rápidos (bem que eu mato rápido - pelo menos!).
    Parabéns pela escrita flor!
    Bom fim de Ano! s2
    Beijos
    Ps: Resenha: Fracture Me - Trilogia Estilhaça-me - Livro 2.5 - Tahereh
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2013/12/resenha-fracture-me-trilogia-estilhaca.html

    ResponderExcluir
  2. Olá querida!
    O livro me parece ser bem interessante,realmente tem família que nem pode ser considerada uma por causa de pessoas que só querem nosso mal!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Nunca tinha visto falar nesse livro, mas ele realmente parece ser ótimo. Gostei da capa e a história, até me lembrou uma novela antiga da globo: Paraíso Tropical. Falando em narrações múltiplas, é bom quando várias pessoas narram no seu determinado capítulo pois sentimos o que cada personagem quer passar ao leitor.
    Adorei sua resenha!
    Beijo
    Gabriel - Blog Corações de Neve

    ResponderExcluir
  4. Oi Jéssica, estava passando por aqui para seguir o blog devido a promoção, mas já seguia rsrsrs ai me deparei com essa resenha e disse opa!!! Não posso deixar de ler kkkkk. Bom eu adorei a sua resenha... é tão chato quando a gente lê um livro com erro de revisão... eu fico meio tristonha pelo o autor... mais enfim... pena que pra vc atrapalhou um pouco a leitura, espero que não ocorra comigo, porque eu quero ler esse livro em Janeiro... quero ler o máximo que eu puder... pois estarei de férias kkkkkkk. Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, adorei a resenha, nunca tinha visto este livro, achei interessante. A menina acorda sem saber quem ela é, nossa que aflição que ela deve ter passado einh?? rsrs
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Oii, eu já tinha visto a capa desse livro por aí
    mas adorei a resenha... Acho que vou odiar essa tal Catarina e o noivo dela parece ser meio tonto ao ponto de confundir as duas direto... bom, também é homem né, não podemos esperar muito D:

    Beijinhos,
    http://lendocomaolly.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Olly...
      Sim, você vai sentir nojo dela. Uma mulher horrível. Ah.... ele confundi demais. Teve um ponto que me irritava isso.
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  7. A autora Paloma Duarte é a Paloma Duarte, a atriz???

    Bom, sobre os livros, erros de revisão realmente me incomodam e acho que, como você, também sentiria falta de mais detalhes... mas me interessei pela história, então estou em dúvida quanto a ler ou não... hehe...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Ju!
      Não, não é a Paloma Duarte atriz. Muitas pessoas pensam que é...rsrsrs!

      Excluir
  8. Paloma Duarte, Paloma Duarte mesmo, a atriz?
    Bom, isso da revisão é lamentável. Parece que há uma falta de respeito tão grande com os autores, com os leitores, o público em geral. Fico bastante descontente, pois ultimamente tenho ouvido várias queixas sobre isso.
    Sobre o livro, não me senti interessada e nem desinteressada - se é que isso faz algum sentido hahaha
    Beijos e boas leituras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Fran.
      Não, não é a Paloma Duarte atriz. Também acho isso referente a revisão. Muitas editoras deixam a desejar mesmo.

      Excluir
  9. Oi Jessica,
    tudo bem?
    Essas histórias de gêmeas são todas assim: alguma é má e outra é boa e a má sempre apronta todas. Realmente, ele confundir as duas o tempo todo? Que espécie de homem é esse? Quando convivemos com gêmeo, chega a um ponto que sabemos as diferenças e não confundimos mais.
    Não chamou minha atenção essa história.
    Beijinhos.
    Cila- leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Cila, tudo bem sim e você?
      Sim, ele realmente confundi muito. Em várias ocasiões ele não percebe a diferença. E que não aprofundei nisso, porque tem uma questão de ele confundi, mas como você disse, mesmo sendo gêmeos tem diferença.

      Excluir
  10. Oie!

    Não conhecia essa trama, mas não fiquei interessada, :\

    Feliz 2014!

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Gostei da resenha Jessy. A trama parece ser instigante e os antagonistas, pelo visto, foram muito bem talhados. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!



ilustração por Lanillu | desenvolvido por Sete Coisas | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT © 2014