Resenha: Filho das Sombras - Juliet Marillier

Filho das Sombras

Filho das Sombras narra a história da jovem Liadan, que, tal como a sua mãe, Sorcha, herdou a habilidade de falar com os espíritos da floresta, os quais lhe segredam que ela deve permanecer, para sempre, em Sevenwaters, se quiser que as ilhas Sagradas sejam retomadas dos bretões. A Irlanda está numa avassaladora guerra, onde um misterioso homem é temido e reconhecido como um mercenário feroz. E, assim como sua mãe no passado, ela acaba por ser capturada e sente-se cada vez mais atraída pelo ser das sombras, apesar de saber da maldição da profecia que Seres da Floresta lhe preveniram... Skoob




Autora: Juliet Marillier
Editora: Butterfly
Páginas: 608  
Nota: 5/5 FAVORITO

Filho das Sombras é o segundo volume da Trilogia Sevenwaters, de Juliet Marillier, publicado aqui no Brasil pela Editora Butterfly. Neste livro conhecemos a jovem Liadan de Sevenwaters, filha de Sorcha e Red, que conhecemos em Filha da Floresta, primeiro livro da trilogia.

Liadan, assim como sua mãe, herdou os dons da cura e de conversar com os Seres da Floresta, mas também tem outros dons. Os Seres da Floresta exigem que ela deve ficar para sempre em Sevenwaters, pois um terrível mal está à espreita para voltar e as terras da família dela correm grandes perigos, mas Liadan não é uma pessoa que goste de acatar ordens, diferente de sua mãe que sempre aceitava a opinião dos Seres da Floresta, ela os enfrenta e sempre questiona suas regras.

''Comecei a perceber que meu caminho era mais complicado do que eu imaginava. Nunca pedi muito; apenas a segurança e a paz de Sevenwaters, a oportunidade de usar minhas habilidades e o carinho da minha família. Não me imaginava fazendo algo diferente ou sendo capaz de alterar o destino.''

No passado Lady Oonagh destruiu a família de Sevenwaters, transformando os seis irmãos de Sorcha em cisnes, onde esta teve que cumprir terríveis tarefas para trazerem eles de volta, mas vocês devem saber que Juliet Marillier adora torturar o leitor e tão descobrimos nessa continuação o que aconteceu com alguns personagens do primeiro livro.

Sorcha e Red tiveram três filhos, que são os gêmeos Sean e Liadan, nossa protagonista, e Niamh, a mais bela moça dessa província. Esta última acabou sofrendo muito na trama e sente toda uma avalanche de pesar por ter cometido um ato impensado. Sean será o herdeiro e líder de Sevenwaters, mas também tem uma forte ligação com sua irmã gêmea.

Existe uma lenda na trama em que uma criança, que não é filha nem de Erin nem da Bretanha e que possua a marca do corvo, será o salvador e trará a paz para esses dois povos. Mas por enquanto os clãs estão sofrendo com uma terrível guerra e existe um mercenário intitulado como ''Homem Pintado'' que está causando mais medo e desespero nessas terras, onde ele e seu bando cometem as piores atrocidades. Liadan acaba sendo capturada por esse grupo e logo sente uma grande atração e sentimento pelo líder.

"Os Seres da Floresta eram sorrateiros e agiam de maneira imprevisível. Seus jogos eram complicados, e suas escolhas, nem sempre óbvias. Além do mais, não havia um detalhe da profecia que as pessoas pareciam haver esquecido? Algo relacionado a carregar a marca do corvo, se não me engano. Ninguém sabia exatamente o que era aquilo, mas não parecia ser um característica que um de nós tivesse."

Bran ou Homem Pintado é um rapaz destemido, protetor e audacioso, onde adora um bom desafio e perigo. Ele e seu grupo são tatuados por todo corpo, deixando uma aparência feroz e exótica. Percebemos ao longo da narrativa que Bran é amargurado pelo que sofreu na infância e que possui uma alma carregada de destruição e raiva.

''Ele parece muito mais velho. Quero dizer... como alguém tão jovem pode ser assim. Como se tivesse vivido uma vida inteira? É jovem demais para ser um líder desse tipo... amargo.''

Ele e Liadan acabam mergulhando numa intensa paixão, mas todos sabem que esse romance é impossível e que jamais poderá ser concretizado, pois por alguns motivos Bran sempre odiou os pais de Liadan, e quando descobre que ela é filha das pessoas que ele mais odeia as coisas não ficam nada amistosas. E também Liadan sabe que não pode se afastar de Sevenwaters devido à maldição da profecia.

O livro me deu a chance de voltar a rever o romance de Sorcha e Red, mesmo pela visão de Liadan, mas novamente fiquei fascinada com este casal e o amor que eles sente um pelo outro. Um amor verdadeiro, leal e construído com as mais belas palavras. Red se mostrou um excelente pai, com sua autoridade e proteção, mas cheio de amor e carinho pelos filhos. Sorcha é uma guerreira e se mostrou uma mãe firme e encantadora, onde teve a oportunidade de viver com seu grande amor e construir uma família linda.

Filho das Sombras foi inspirado nos diversos deuses e heróis da mitologia irlandesa e por isso podemos conhecer várias histórias de guerreiros, com suas vitórias e derrotas. Um livro cercado de mistério, aventura, perda e renascimento, onde Juliet Marillier mescla o romance com a magia e deixou a trama misteriosa, sublime e encantadora. Tem uma cena no livro que me deixou muito emotiva e não contive as lágrimas, pois não acreditava no que escritora fez. O próximo e último livro da trilogia é Filha da Profecia.

Quotes:
"Ele e eu... temos uma ligação muito forte. E não é exatamente amor. Vai muito além. Ele é meu, e disso estou tão certa quanto sei que o sol segue a lua no céu. Já era meu mesmo antes de eu saber de sua existência. E será meu até o fim de sua vida, e depois da morte também (...)"
''Tentei manter o semblante calmo, mas por dentro estava morrendo de medo. Justo eu, a menina que só queria ficar em casa cuidando de seu jardim de ervas. [...] Eu, a filha de Sevenwaters, sozinha no covil do Homem Pintado e de seu bando de assassinos cruéis.''

Book Trailer:



 


19 comentários:

  1. Estou ainda na ressaca literária do primeiro kkk, mas quero ler em breve eu parei na pagina 100 ja sofrendo, e sabendo o leria pela frente ;)
    Bjkas dani casquet LJI

    ResponderExcluir
  2. Oi Jéssica!

    Não conhecia essa série, mas adorei o romance que descreveu e a personalidade de Liadan e Bran. Esses amores impossíveis são sempre os melhores. Também achei muito interessante o universo criado pela autora. Vou procurar saber do livro. Ótima resenha.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Flor!!
    Consegui entrar! hahah
    Então, eu amo esse livro, assim como o primeiro também!
    Mas achei essa história menos sofrida! Que bom! hahhaah

    https://www.facebook.com/overdoselite
    http://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha do livro, achei bem interessante, mas não gostei da capa, gosto de capas que chamam a atenção, e essa não me interessou kkk. e alem da capa, fala de espiritos e eu não curto esse tipo de livro kk

    Abraços
    Blog Leitores Compulsivos
    http://vampleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Estou amando esses livros!!! Virei super fã! =)

    Mas tem uma coisa que me deixou bem chateada... essa série tem sete livros, e está sendo lançada aqui como trilogia. Queria muito ler todos os livros.

    De qualquer forma, não tem preço ter podido conhecer Sevenwaters... acho que gostei mais do segundo livro que do primeiro, apesar da autora ser extremamente cruel... não se mata pessoas do jeito que ela fez! :/

    Bom, quero muito que A Filha da Profecia chegue logo, para continuar acompanhando a jornada dessas personagens tão queridas. Espero que alguém sobreviva entre o segundo e o terceiro livro... hehe...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi Jéssica,

    Já várias resenhas do primeiro livro, fiquei fascinada pelo mundo criado pela autora algo que eu ainda nunca havia lido, e na leitura da resenha desse segundo livro, eu fiquei ainda mais curiosa para ler a trilogia, nunca li nada que na continuação seja narrado pela filha do personagem principal, nossa quero ler já essa trilogia !

    Mayla
    http://meulivromeutudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Eu conhecia a série e fiquei fascinada quando li a resenha do primeiro livro. Espero em breve ter a oportunidade de ler os dois!
    Aliás todos eles! hehehehe

    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  8. Oi Jéssica!

    Já li resenhas do volume anterior, mas deste é a primeira que vejo.
    Não curto esse estilo, mas parece que te agradou em cheio, rs
    Bj!

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ah, que bom saber que só falta um livro. Essa história me fascina, quero muito ler essa trilogia, parece que não vou desgrudar até ler os três. Amo a cultura Irlandesa!

    ResponderExcluir
  10. Adoro histórias que tem em seu enredo a mitologia, eu não sabia muito sobre esse livro, me aprofundei mais no assunto dele agora, e já me interessei.
    Mitologia e um romance cativante já me conquistam, assim que tiver a oportunidade farei a leitura.

    Até mais.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  11. Oi Jéssica! Adoro esses enredos, a mitologia, cultura. Quero muito ler a obra, ainda estou vendo como vou conseguir o primeiro volume,não o achei no black friday com um preço mais em conta, priorizei outros =/
    Um abraço!
    Pan
    http://pansmind.blogspot.com/2013/11/sorteio-de-natal-amazonia-arquivo-das.html

    ResponderExcluir
  12. Olá, a capa desse livro é linda.
    Já tinha visto ele, mas nunca parei para ler
    nada a respeito, pela sua resenha parece ser
    muito bom,

    bjs

    http://www.loveebookss.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Parabéns pela resenha Jessy! Já li Filha da Floresta e Filho das Sombras e amei! A escrita da Juliet Marillier é super especial e mágica, de uma forma bem peculiar. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  14. Sou louca para ler essa série. Falam super bem da escrita da Juliet Marillier. E eu adoro as influencias na mitologia celta que ela usa. Esse livro está com certeza no TOPO da minha Wish List. :)

    Beijos,
    Bell

    http://contosdoguerreiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi amiga! Eu não vejo a hora de ler esta série, nem acreditei quando ganhei este aqui em uma promoção. Eu acredito que vou amar, parece uma fantasia muito bem feita e envolvente. Ótima resenha.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  16. Oi Jéssica, essa é umas das minhas trilogias favoritas também. Quando eu comecei a ler não dei nada por ela, mas fui surpreendida pela escrita da autora. Os livros são muito bem escritos e os personagens te cativam. Louca para ler o ultimo e triste também porque vai acabar.

    Bjs, @dnisin
    www.sejao-cult.com

    ResponderExcluir
  17. Já ouvi falar dessa série, mas ainda não li nenhum livri da série, nem da autora, mas é algo que planejo mudar no futuro. Parece ser uma série bem interessante, por ser inspirada na mitologia irlandesa, sobre a qual tenho pouquíssimo conhecimento, mas do pouco que sei acho bem interessante.
    Beijos e boas leituras!

    ResponderExcluir
  18. Oie
    Li a resenha do primeiro livro recentemente é gostei muito da proposta dele, agora percebi que o segundo é tão intenso quanto o primeiro.
    Estou ansiosa para ler essa trilogia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Peço desculpa a intromissão, mas gostaria de deixar o meu contributo.
    Sou portuguesa e descobri esta autora em 2005, quando comprei o 1º livro - A Filha da Floresta - e me apaixonei pela sua escrita.
    Já li todos os livros da saga (a triologia inicial e os restantes, que já foram todos editados aqui em Portugal).
    Acho absolutamente fascinante descobrir esta cultura irlandesa, assim como os romances descritos nos livros.
    Os meus favoritos são sem dúvida os dois primeiros livros. Os restantes são interessantes, mas não são tão bons, na minha opinião, é claro. Contudo, eu sofro daquele sindroma de leitora ávida, que deseja saber sempre a continuação da história e o que acontece A`s personagens!
    Confesso que Juliet Marillier é a minha autora favorita!
    Cumprimentos a todas e boas leituras!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!