09 janeiro 2014

Resenha: Garota, Interrompida - Susanna Kaysen

Garota, Interrompida
Quando a realidade torna-se brutal demais para uma garota de 18 anos, ela é hospitalizada. O ano é 1967 e a realidade é brutal para muitas pessoas. Mesmo assim poucas são consideradas loucas e trancadas por se recusarem a seguir padrões e encarar a realidade. Susanna Keysen era uma delas. Sua lucidez e percepção do mundo à sua volta era logo que seus pais, amigos e professores não entendiam. E sua vida transformou-se ao colocar os pés pela primeira vez no hospital psiquiátrico McLean, onde, nos dois anos seguintes, Susanna precisou encontrar um novo foco, uma nova interpretação de mundo, um contato com ela mesma. Corpo e mente, em processo de busca, trancada com outras garotas de sua idade. Garotas marcadas pela sociedade, excluídas, consideradas insanas, doentes e descartadas logo no início da vida adulta. Polly, Georgina, Daisy e Lisa. Estão todas ali. O que é sanidade? Garotas interrompidas. Skoob / Orelha de Livro

Autora: Susanna Kaysen
Páginas: 192
Editora: Única
Nota: 5/5

''Não saber o que quer ser não é uma opção''

Em 1967, Susanna Kaysen tinha apenas 18 anos quando foi colocada num hospital psiquiátrico e teve sua vida transformada bruscamente. Garota, Interrompida são relatos reais da autora e o livro são lembranças de tudo que ela sofreu durante os anos em que ficou hospitalizada. 

Susanna tinha dúvidas de seu futuro, anseios do que realmente queria ser, sofria muito com a pressão dos pais e quando a realidade foi brutal ela acabou que tentou o suicídio, tomando vários comprimidos de Aspirina. Por isso, seus familiares a induziram que ela fosse voluntariamente para o Hospital Psiquiátrico McLean e Susanna ficou por lá durante dois anos.

Susanna acaba criando amizade com Polly, Georgina, Daisy e Lisa no hospital McLean. Garotas que foram excluídas da sociedade por serem consideradas malucas e doentes mentais, sendo descartadas por seus familiares.

"As pessoas me perguntam: como você foi parar lá? O que querem saber, na verdade, é se existe alguma possibilidade de também acabarem lá. Não sei responder à verdadeira pergunta. Só sei dizer: é fácil."

Um livro intenso e verdadeiro, que mostra a profundidade dos pensamentos de uma mulher que teve sua vida interrompida por causa de uma sociedade fútil. Numa época em que as pessoas não aceitavam que outras tivessem pensamentos diferentes, principalmente mulheres.

A protagonista começa a questionar o que seria loucura e perda de sanidade, pois a sociedade a rotula como louca, mas pela convivência e por suas atitudes não se sente dessa maneira. Então, o que é sanidade? Loucura? Susanna seria louca por ter um comportamento típico de qualquer adolescente? Sua família em nenhum momento tentou ajudá- la e logo a jogaram fora por pensar que ela é diferente.

Susanna Kaysen relata de uma forma profunda e honesta o que sofreu durante os dois anos em que ficou internada no hospital psiquiátrico e percebemos em como ela e suas amigas tiveram suas vidas interrompidas e marcadas por não aceitarem seguir os padrões daquela época.

Garota, Interrompida é uma autobiografia cruel e verdadeira de uma garota que foi subjugada pela família e sociedade, onde não teve o poder de escolher o que desejava, e sim aceitar aquilo que eles consideravam ser o melhor para ela. 

"Assim eram as pessoas que nos guardavam. Quanto às que nos resgatavam... bem, cabia a cada uma de nós o próprio resgate."

Foi feita uma adaptação cinematográfica do livro em 2000, onde o filme foi um sucesso de bilheteria e que rendeu a Angelina Jolie um Oscar de melhor atriz coadjuvante. Jolie interpreta Lisa, a sociopata do grupo, e Winona Ryder é Susanna Kaysen.



Trailer do filme:

Quotes:
"Em um estranho sentido, éramos livres. Tínhamos chegado ao fim da linha. Não tínhamos mais nada a perder. Nossa privacidade, nossa liberdade, nossa dignidade: tudo isso tinha acabado.''
''Em nosso mundo paralelo aconteciam coisas que ainda não tinham ocorrido no mundo de onde havíamos saído. Quando por fim elas aconteciam lá fora, era como se já soubéssemos, pois alguma versão daquilo já se desenrolara diante de nós.''
''Para muitas de nós, o hospital era tanto um refúgio como uma prisão. Embora estivéssemos afastadas do mundo e de todas as confusões que adorávamos aprontar nele, também estávamos afastadas das cobranças e das expectativas que nos haviam enlouquecido. O que poderiam cobrar de nós, enfiadas no hospício?"



 

18 comentários:

  1. Oi Jéssica :)

    Sua resenha foi a que mais me chamou atenção do livro e só pelo trailer do filme e, é claro, pela Jolie, quero ler! Beijocas.

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Acho meio "tenso" essas historias baseadas em fatos reais, sempre tem que ser um drama, mas mesmo assim leio, tem um suspense bem legal ao desenrolar da historia!
    http://fevereira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Uma obs antes do comentário : Quotes sempre me deixam com vontade de ler o livro ! Porque sempre quero saber de onde eles vem, ou porque foram ditos.
    Enfim, o livro parece ser um dos meus preferidos : a história se passou há anos atrás e é verídica <3. Gosto disso de saber a realidade de um mundo que não vivo.
    Parece também ser aquele livro que mesmo quando acaba a leitura não é o fim. Éu paro para refletir por muito, muito tempo, e em qualquer lugar.
    E eu não sabia da adaptação para o cinema. Depois de ler o livro vou buscar o filme para ver, talvez ter uma perspectiva diferente.

    http://www.caixinhaderabiscos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Esse segundo quote que você colocou no meio da resenha mexeu muito comigo quando li o livro. A autora foi super corajosa de dividir essa experiência, né, o livro é mesmo intenso. Confesso que fiquei bem chocada com algumas coisas, e refleti muito sobre o mundo. E já sabia da adaptação cinematográfica antes de ler, mas ainda não tive a oportunidade de assistir.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  5. Eu já tinha visto a capa do livro poderia jurar que ele fala sobre tudo menos sobre o real assunto...
    Eu nunca li uma biografia, mas me senti muito tentada agora...
    Ótima Resenha com certeza o livro vai entrar para a lista de próximas leituras...

    Beijos...
    http://ceciliabraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi amiga! Eu não sou muito de ler biografias, mas quero incluir alguma neste ano, em 2013 consegui ler duas e quero manter este ritmo para sempre variar, agora já sei qual será a de 2014, você fala de uma maneira tão forte sobre tudo que acredito que será uma leitura marcante. valeu pela dica.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Fico perdida quando fala de livros pois nunca li nenhum.. a não ser obrigada na escola kkk
    não gosto! mais pelo o trailer deve ser muito bom!
    bjos
    www.perversastyle.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Livro excelente! Impactante e muito realista...

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  9. Olá querida!
    Ainda não li o livro só vi o filme e pelo filme já temos noção de como essa história é forte.
    O pior é saber que isso tudo realmente aconteceu,fiquei morrendo de pena dela!
    Amei sua resenha!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    a proposta do livro é muito boa, porém não faz muito meu estilo. Mas sua resenha ficou muito boa, passou de forma clara tudo o que você achou da leitura! xD

    Abraços!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  11. Eu li o livro e fiquei fascinada, uma história muito forte e densa. Ainda não vi o filme, mais espero poder conferir ele logo mais.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Adorei a Dica Mih!

    Gostei muito da premissa e deve ser um livro pesadinho! Mas me interessou ler!
    Vou procurar o filme também!

    Parabéns pela resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Jessica,
    tudo bem?
    Eu vi o filme e gostei muito na época. Muito triste a história da autora. Infelizmente a história do mundo tem esses eventos absurdos, quem não se encaixa é taxado por algo e separado dos demais.
    O livro deve ser muito bom também, pelo que pude perceber em sua resenha.
    ótima dica.
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Jéssica, eu tenho este livro, mas ainda não tive tempo de ler. Não cheguei a ver o filme todo também.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  15. OI Je, bom eu sempre vejo resenhas maravilhosas deste livro. E vou dizer que preciso ler este livro. Eu já havia assistido ao filme, e gostado bastante. Mas fico imaginando como seri ler ele, pois acho que na leitura nada escapa, já que nos filmes sim.
    Infelizmente em uma época tão burocrática como essa em que Sussana viveu, ordens era dadas e complicadas, como você mesma disse uma sociedade fútil.
    Espero muito ter a chance de ler logo este livro.
    Adorei sua resenha. E os quotes são maravilhosos!

    Beijokas Ana Zuky

    http://www.sanguecomamor.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá...
    Gostei dessa resenha, mais uma que leio e que vejo pouca diferença das outras e essa pouca diferença é exatamente o detalhe que nas outras faltam. Eu tenho muita vontade de ler esse livro. Só tenho lido resenhas maravilhosas. Fico imaginando como deve ter sido a vida de Susanna nesse lugar e nessa sociedade maluca da época. Fico chocada com algumas atitudes tomadas para o "bem" mas que na verdade é uma forma de se ver livre do "problema" enfim.. é um assunto logo e complexo. Parabéns pela resenha. Xero!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. A história é muito boa, creio que uma grande pitada do que ocorre na realidade e/ou já aconteceu. E fala de um assunto que gosto muito, problemas psiquiátricos.

    ResponderExcluir
  18. Quando coloquei esse livro na minha lista nem sabia que era autobiografia. Nunca li nada do gênero, acredito que essa seja minha porta de entrada na coisa haha. Adorei sua resenha!!

    Conhece o nosso blog? Estamos sempre retribuindo visitas e comentários de nossos amigos blogueiros :D
    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!



ilustração por Lanillu | desenvolvido por Sete Coisas | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT © 2014