Resenha Nacional: A Inacreditável Arte de ser um Capacho - Silvia Fernanda

A Inacreditável Arte de Ser Um Capacho
NÃO É RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Desde a infância, Charlie e Amanda brigavam como cão e gato. O passatempo de ambos era criar pequenas vinganças um contra o outro, até que numa dessas vinganças, as coisas saíram um pouco de controle... E acabaram num alucinante encontro sexual. Charlie sempre acreditou que era apaixonado por uma mulher que estava fora do seu alcance, porém, após aquela noite, percebeu que nada sabia sobre o amor. Se apaixonar por aquela pequena peste que o atormentou por anos não estava em seus planos, nem a reviravolta que sua vida teria após o furacão chamado Amanda passar por ela... Skoob 




Autora: Silvia Fernanda
Editora: Modo Editora
Páginas: 172
Nota: 4/5

"Você ainda vai me enlouquecer, sabia?"

Imagine duas pessoas que não conseguem ficar juntas no mesmo ambiente por cinco minutos sem se engalfinhar. Esse é o caso dos primos Charlie e Amanda que desde a infância parecem não suportar a presença um do outro e sempre procuram uma forma de se alfinetar. Na infância era briga, literalmente falando, e na adolescência armações e ciladas.

Charlie é o típico garanhão. Conquista todas as mulheres que quer e tem o seu tipo preferido muito claro: loiras peitudas. Amanda é morena, baixinha, discreta, muito inteligente e voluntariosa. Depois de um flagra arquitetado pela Amanda, Charlie resolve que já está na hora de dar o troco e bola um plano mirabolante para ter a priminha nas mãos, ele só não contava que as coisas poderiam não sair exatamente como o planejado e fugirem do seu controle. Charlie e Amanda então tem uma noite alucinante cheia de paixão e bastante reveladora.

Charlie nunca achou que poderia se apaixonar de verdade ou que poderia chegar ao ponto de fazer tudo por uma mulher mesmo tendo esse exemplo de capacho em casa, seu pai, nunca acreditou que ele próprio um dia agiria dessa forma. Ele acaba se mostrando um fofo fazendo de tudo para derreter o coração gelado da Amanda, que chega como um furacão inesperado em sua vida colocando-a de pernas para o ar.

Eu adorei a Amanda. De verdade. Alguns leitores podem até achar que ela é uma megera, mas eu compreendi perfeitamente seus medos e inseguranças que a levaram a agir de forma tão boba em algumas situações e estragando as coisas para ela mesma. Atitudes perfeitamente normais para adolescentes na idade dela que vivem seu primeiro amor.

"O ruim de ser malvada com ele é que acabava sendo malvada consigo mesma. Estar tão próxima dele, recordava a ela o que estava perdendo com tanta pirraça, mas sabia que não podia se dobrar, se fosse idiota e apaixonada com ele, era possível que se cansasse fácil."

Eu amei a história. Uma leitura rápida, muito agradável e divertidíssima. A Silvia Fernanda conseguiu retratar com perfeição a paixão na adolescência com todo o seu fogo e instabilidade.

Encontrei alguns erros de revisão no livro, mas nada que realmente atrapalhe a leitura. A Inacreditável Arte de Ser um Capacho é o segundo livro da série 30 Dias com Camila que também já tem resenha aqui no blog, mas mesmo sendo uma série as histórias são independentes e qualquer pessoa que ler, mesmo fora de ordem consegue entender as histórias tranquilamente. Assim como no livro anterior, neste também todos os capítulos são nomeados com uma música trazendo um trecho da mesma. Segue a lista de músicas.

Do seu lado
Na moral
O que eu também não entendo
Equalize
Tão seu
Amanha não se sabe
Três lados
Garota Nacional
Carvão
Balada do amor inabalável
Pense Bem
Na sua estante
Mulher de Fases
Uma louca tempestade

Quotes:
"Eu nunca poderei ser sua amiga... Não vou ser capaz de fazer isso. Não consigo ficar perto de você sem querer algo mais."
"Complicada. Louca. Inacreditável. Algum dia, Charlie se acostumaria a loucura que era conviver com aquela criatura?"
"Você me conhece, eu não faço nada pela metade."




3 comentários:

  1. Estou muito curiosa a respeito desse personagem. Quero ler só pra saber como é ser um capacho. Parece bem interessante. Espero que seja realmente bom. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Nossa estou completamente encantada com a historia, com certeza esse eu vou trazer comigo da bienal. Amo historias em que os personagens se odeiam e vão descobrindo esse novo sentimento aos poucos.
    Amei *_*
    Bj
    http://meupassatempoblablabla.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Gostei demais do livro. Me interessei a princípio por uma série de coincidências relacionadas à minha vida, depois me encantei ainda mais. Gostei muito da forma como a ordem em que alguns acontecimentos aparecem aleatoriamente ao longo da história, causando certo suspense. Pra entender o início, é preciso chegar ao final... muito bom!

    faltadesexo.wordpress.com

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!