Resenha: Perdendo-Me - Cora Carmack


VIRGINDADE. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-la da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual. Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra? Skoob/ Orelha de Livro





Autora: Cora Carmack
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288
Nota: 5/5

Perdendo-me, de Cora Carmack, foi publicado aqui no Brasil pela Editora Novo Conceito. O livro seria minha leitura de setembro, mas ao ler a resenha da Ju, do blog Entre Palcos e Livros, rapidamente pulei minha lista de leitura e fui ler Perdendo-me. Não me arrependi!

Bliss Edwards é jovem, controladora, estudante do último ano de artes cênicas, feliz e virgem, características comum de qualquer jovem, mesmo nos tempos atuais ela sendo virgem aos 22 anos não é tão incomum assim, mas para melhor amiga dela, Kelsey Summers, isso é abominável e a mesma decide que Bliss precisa perder a virgindade o quanto antes. Elas vão para o bar e depois de analisar várias homens, Bliss acaba encontrando Garrick Taylor, que a despertou por está lendo Shakespeare e os dois acabam se conhecendo um pouco. Entre vários amassos, as coisas acabam ficando quentes, mas Bliss não consegue ir adiante e depois de uma desculpa esfarrapada abandona Garrick em sua cama. Tudo que Bliss deseja é esquecer essa noite, mas quando chega na universidade para o primeiro dia de aula descobre que Garrick será seu professor substituto, já que o antigo professor aceitou uma proposta da Broadway, e agora ela terá que conviver por um semestre inteiro com ele, o cara que abandonou na noite anterior. Uma situação super constrangedora para ambos, mas terão que lidar com isso. Perdendo-me é um livro que fala sobre amor, paixões e escolhas. 

Este livro é um dos news adults mais aclamados dos Estados Unidos, primeiramente autopublicado pela autora, só que depois teve os direitos comprados pela Editora americana William Morrow. Perdendo-me, primeiro volume da série homônima, é um dos grandes lançamentos de agosto da Editora Novo Conceito. À primeira vista o livro parece ser hot, mas ele não é. Temos cenas sensuais e tensão sexual - bem escrita, por sinal -, mas não é aquele tipo de livro que só contém sexo, passa bem longe disso. 

Um dos primeiros motivos para amar Garrick: SOTAQUE BRITÂNICO. Sim, sim. Se assim como eu você é viciada em séries vai saber do que estou falando, principalmente se assiste The Originals. Quando um ator britânico aparece em uma série rapidamente as mulheres piram, e quando tem aquele sotaque de arrepiar elas vão a combustão (Klaus Mikaelson!), por isso já me apaixonei por Garrick...Ok, eu sei que eu não podia ouvir a voz dele de verdade, mas eu imaginava a cena e o sotaque. Além disso, ele adora ler, é romântico, centrado, educado, cavalheiro e quando se apaixona ama profundamente. Também é um excelente professor de artes cênicas e um homem apaixonante.

''Sotaque. ELE TEM SOTAQUE BRITÂNICO. Santo Deus, estou morrendo.''

Os melhores amigos da protagonista são Kelsey e Cade Winston, um rapaz doce, encantador e companheiro. Kelsey é muito engraçada, extrovertida e que possui muita grana, mas não deixa de ser uma garota companheira e amiga. Ela é bem doidinha e adora aproveitar a vida, isso incluí muitas noitadas em baladas e sexo. Esses amigos passaram por diversas situações engraçadas, divertidas e também por tristeza e dor. 

Perdendo-me foca também no teatro e nas indecisões desses jovens que estão terminando a faculdade. A maioria das pessoas já passaram por isso - na faculdade, colegial ou outra ocasião -, quando você termina algo que tanto ama e não sabe como será o futuro e tem medo de que suas escolhas sejam erradas. Todos temos angústias e medos em alguma situação e a autora aborda isso de forma clara e concisa. Também conhecemos a rotina do teatro, dos ensaios, das aulas desses estudantes de artes cênicas e eu adorei saber um pouco sobre a vida de um ator. Eu sou tímida, mas sempre apresentei peças de teatro na escola e adorava essa parte, era quando eu me desligava e sentia uma sensação de liberdade e confiança. Lendo o livro eu pude conhecer os temores, a expectativa de Bliss em relação a uma audição e/ou peça, é o mais legal disso é que a autora já fez teatro, então temos experiências reais.

''Há momentos no teatro em que tudo se reúne exatamente como deveria acontecer. Os figurinos e o set estão perfeitos, o público está encantado e envolvido, e a atuação é tranquila.''

Vasculhando o Goodreads acabei encontrado a informação de que a autora lançou um prequel, Keeping Her, que narra alguns acontecimentos após o final do livro. Parece que a autora fez isso pelos diversos apelos dos fãs de Bliss e Garrick, porém ele só está disponível na Amazon e inglês. Claro, se você quiser não precisa ler, porque o final de Perdendo-me foi satisfatório e não deixou pontas soltas em relação aos protagonistas. Também pesquisei em alguns blogs e descobri que os outros livros da série serão narrados pelos melhores amigos de Bliss, o próximo volume está com o nome provisório de ''Fingindo'' que contará as aventuras de Cade Winston e será lançado em breve pela Editora Novo Conceito.

Quotes:
''Era engraçado sentir falta das pessoas antes mesmo de deixá-las, mas era isso o que eu estava sentindo agora.''
"O problema era que... por mais que eu não quisesse ser virgem, eu também não queria fazer sexo."





26 comentários:

  1. Oi, Jessica!! Assim você me deixa com mais vontade ainda de ler Perdendo-me e eu preciso seguir a fila de leitura, ele não é um dos próximos ahaha Gostei de saber que, apesar de parecer livro hot, não é, mas tem a tensão e abordagem sexual correta. As informações sobre a autora e publicações, como a prequel, são muito úteis!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Jess!
    Ah esse foi um dos melhores hots do ano *---*'
    Ele é sutil, nem um pouco vulgar e tem cenas divertidíssimas. Eu ri muito com Bliss e me apaixonei por Garrick. Sotaque britânico. kkkkk 'As mina pira' Adorei mesmo a leitura e estou ansiosa para os próximos livros da autora. Vou ler o prequel, claro. Eu adoro saber o que acontece com os personagens depois que a história acaba.

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Confesso que achei a premissa bastante curiosa e que até leria se tivesse a oportunidade. Não gosto muito de livros hot, mas esse tem alguma coisa meio cômica que me chamou a atenção, mesmo assim (como sempre), acho que esse tipo de história funcionaria melhor comigo em um filme. Mas acho que com tantas resenhas positivas vou acabar lendo e tendo meu primeiro contado com um livro do gênero.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  4. Jess vocês com suas resenhas maravilhosas desse livro , já fazem eu colocar esse livro na frente , a sinopse em si não me chama muito a atenção, mas só lido elogios a esse livro. Hot e só elogios vou ler rapidinho. beijos

    ResponderExcluir
  5. Esse livro é sucesso! Lembro que li a mil anos atras quando estava em uma vibe psicótica por NA's, e achei uma tradução livre, linda, por isso amo essa gente que sabe inglês e traduz para gente que não sabe(vulgo eu). Lembro que adorei a história, e é um dos meus NA's favoritos! Li a pouco tempo o livro do Cade, e também é muuuuuuuito bom! Super recomendo, sou fã de carteirinha da Cora!

    http://www.livrologias.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Jéssica :)

    Esse livro não me despertava atenção, mas só ando lendo resenhas positivas sobre ele e é inegável que um interesse está aflorando em mim. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Jéssica
    Li a resenha da Ju e vou dizer a mesma coisa que falei lá, apesar de você ter gostado do livro, achei meio forçado uma mulher de 22 anos ser virgem, até porque hoje em dia é uma coisa impossível.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá Jess,
    NA esta caindo na boca do povo, mas também não é por menos. Os romances são de tirar o folego e de nos fazer fantasiar e suspirar.
    Este livro em questão é maravilhoso, a forma de narrar a historia, os protagonistas e personagens secundarios são bem construidos.
    Este me questão, como disse eu amei, só teve a questão da amiga de Bliss, forçar ela a fazer algo, e por isso Bliss acaba tomando uma atitude nada plausível. Contudo apos este impulso, a amiga me conquistou e me dar altas gargalhadas.
    Já o nosso Garrick, como não se apaixonar por ele, tão intelectual, tão romântico, e ao mesmo tempo com pegada e aquele sotaque maravilhoso... sim viajamos bastante pelas investidas dele e pelo seu jeito de ser.
    Que bom que a autora fez um conto com o "depois" deste casal, vou procurar e com certeza vou querer ler. Já com as continuações, eu não li, mas pretendo muito em breve faze-lo.
    Parabéns flor pela resenha!

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  9. Caraca, já estava interessada nesse livro, ai vendo você dizer que o cara tem sotaque britânico já pirei, sou doida pelo Klaus, sotaque mais lindo dele, acredito que iria ficar meio que imaginando uma voz parecida com a dele ao ler as partes do Garrick kkkkkk Enfim, espero ler esse livro, pois a história me chamou muuuito a atenção mesmo, tenho certeza que é um ótimo livro *-*

    Beijos :*
    Larissa - Srta. Bookaholic

    ResponderExcluir
  10. Oi, Jess!
    Ah, como não ficar com vontade de ler Perdendo-me agora?! hahaha E o pior é que preciso seguir a ordem da minha (enorme!) pilha de leitura, se não atraso tudo. rs.
    De qualquer jeito, fiquei feliz em ver uma resenha positiva. Estava meio receosa de ser apenas outro new adult sem muito conteúdo.

    Beijos, Gabi Prates
    Palácio de Livros

    ResponderExcluir
  11. Oi Jéssica.
    Acabei de ler esse livro e gostei bastante.
    Antes de começar a leitura fiquei com receio de encontrar uma história hot, mas foi exatamente como você falou, é tudo muito sensualizado nada pesado, e além do mais adorei a atrapalhada Bliss, me diverti com seus micos e divagações.
    Eu fui sem expectativas fazer essa leitura, e me surpreendi, acho que esse é o primeiro NA que me conquista realmente.
    Eu não sabia da existência desse prequel, vou ficar um pouquinho mais com Bliss e Garrick.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  12. Olá.
    Livros desse gênero não me agradam, mas acabasse me motivando com essa bela resenha. Fiquei contente em saber que a autora também foca em outras coisas, além do romance do casalzinho.

    Att,
    decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi,

    Gente quando li a sinopse do livro fiquei meio leio não leio, mas depois de duas resenhas sobre esse livro fiquei com muita vontade de lê-lo, essa capa é tão fofa, sei lá gostei tanto! Preciso do livro, estou na fase de amor e ódio pelo Klaus, mas não tenho como resistir a ele hahah.

    Mayla

    ResponderExcluir
  14. Como eu quero *-------*
    Desde o lançamento eu fiquei interessada e agora com resenhas mega positivas, fica mais difícil ainda resistir.
    Cara eu não consigo entender isso do sotaque britânico! hahaha não vejo anda demais em sotaque nenhum, ao contrario, acho até meio engraçado rs

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  15. Oii!
    Confesso que esses livros que falam sobre sexo casual e assuntos assim relacionados a este não me chamam atenção, não tenho vontade de ler. Ma este me deixou curiosa sabe? E ai quando ela encontrar ele de novo?! Cara quero saber o que acontece kkk
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Eu já tinha resistido ao impulso de ler quando vi a resenha da Ju, agora vem vc e me deixa com vontade tb. Ai, carambolas! Rs
    A capa engana mesmo, parece ser hot, mas pela sinopse e comentários que li é um new adult "normal". Será um dos próximos, assim que a bendita monografia acabar. Rs
    Beijinhos!
    Giulia - prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  17. Ah, que lindo que você passou ele na frente por causa da minha resenha surtada, e que não se arrependeu de fazer isso! *-* Não sabia que tinha esse prequel, terei que ir atrás dele, embora o final realmente tenha sido satisfatório. Mas quem resiste a ler um pouquinho mais sobre personagens que ganham nosso coração? O sotaque do Garrick me conquistou, fala sério, o cara lê Shakespeare e ainda tem sotaque britânico, chega a ser desleal, como resistir a isso? Quero ele pra mim!!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  18. Jéssica sua linda...
    Voc~e fala sobre tanta coisa nas resenhas, que eu tenho que escrever um livro aqui...kkkkk
    Comecei esse livro, mas vi que estava encantada demais com ele e largando um outro pela metade... é de parceria e mais atrasado, então tive que largá-lo... ai que dor no coração!
    Sotaque britânico, ai meu Deus! Amo Amo Amo
    Também não sabia que tinha esse prequel e vou procurá-lo com absoluta certeza depois de lê-lo.
    Você está me deixando doida com essas resenhas cheias de amor pelos livros hehehehe

    Beijos
    Chrys Audi
    Blog Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir
  19. Oi, Jéssica
    Já tinha lido uma resenha dele e lá, já fui despertado para ler esse livro. Sua resenha reafirmou minha necessidade de ler.
    Me interessei principalmente por ele não ser tão hot. Quando a autora dosa fica melhor. Lembro que li 50 tons mais escuros e tinha cenas hots o tempo todo. A partir da página 200, eu senti muito tédio, sinceramente! rs
    Curioso para conhecer mais de Bliss e Garrick.
    Sotaque britânico encanta qualquer ser humano! hahahaha

    Abraço,
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Jéssica,
    Sua resenha só me deixou mais curiosa e decidi que vou passa-lo na frente de algumas leituras, já tinha lido a resenha da Ju e tinha passado ele na frente de alguns também.
    O sotaque dele me deixou um tanto curiosa, mas o que me desperto foi o fato desse conflito de decisões, após o termino de algo que você planejou, o que virá pela frente...

    Beijos Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  21. Até cansei já de dizer que não gosto desse gênero né? MAS ao contrário dos outros livros hot, esse me pareceu muito interessante. Acho que esse assunto de perder a virgindade é algo que toca o mundo de todas as pessoas, e isso é muito legal.

    Abraços!
    http://pipocaradioativa.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Jess
    Esse livro para mim é tudo de bom, eu amei quando li, só acompanho a autora há um tempinho e amo todos os livros dela, o do Cade é incrível também! E eu amoooo o sotaque - não entendo também essa obsessão por personagens com sotaque, pq na minha imaginação é como se eu ouvisse! ahahhahaha
    Um grande beijo
    Paulinha - Blog Overdose Literária!

    ResponderExcluir
  23. Oi Jessica,

    ele livro, definitivamente está em minha lista de aquisições na Bienal, li o primeiro capítulo e amei!!!
    Então, vou deixar para ter minhas próprias impressões com o decorrer da leitura!!


    Beijos,

    --
    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Olá Jéssica, tudo bem?

    Com certeza este livro está na minha lista de desejados da Bienal. Só espero que ele esteja bem baratinho, hahaha.

    Depois te conto o que achei.

    Beijo

    ResponderExcluir
  25. Olá,
    Eu só queria dizer que concordo plenamente com a sua resenha... O livro é perfeição pura, virou um dos meus preferidos amei demais a construção os personagens as partes engraçadas da Bliss e claro o sotaque do Garrick. SUPER RECOMENDO!!

    beijos

    ResponderExcluir
  26. Nossa, acho que Garrick já me ganhou pelo sotaque HAHAHAH não vou conseguir ler sem imaginar a voz dele como a de Joseph Morgan <3

    entre-linhaseparagrafos.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!