11 setembro 2014

Resenha Nacional: Legado de Sangue - Raquel Pagno


Os olhos de Miguel eram como duas esmeraldas. Incrivelmente verdes, espelhavam algo profundamente doce, uma ternura quase inacreditável, uma espécie de encanto capaz de enfeitiçá-la totalmente. Carmem mal podia acreditar que ele estava vivo, escondido entre as ruínas do casarão que fora de sua família, em um remoto e misterioso passado, do qual sua mãe, Teresa, fizera questão de protegê-la. Foi Miguel quem salvou sua avó, Francesca, quando fugira dos sangrentos massacres da guerra na Itália; foi ele quem a salvou e os seus dois filhos, da mais completa miséria. E foi também ele quem os amaldiçoou. Miguel era o último dos vampiros e somente a última das bruxas poderia realizar seu mais profundo desejo: gerar um herdeiro, capaz de perpetuar a espécie e dar continuidade a sua história. Skoob 

Autora: Raquel Pagno
Editora: Independente (Amazon)
Páginas: 373
Nota: 4/5


Legado de Sangue, de Raquel Pagno, é uma publicação independente e eu li através do Book Tour organizado pela Michelle Ladislau, do blog ‘‘As Leituras da Mila’’. O livro aborda o tema sobrenatural, mais precisamente os vampiros e as bruxas, e como sou apaixonada por esse tema já fiquei ansiosa pela leitura.

O livro é dividido em duas partes, a primeira conhecemos a história da jovem Francesca, onde a própria narra sua história para as netas Carmem e Ana, já a segunda parte é narrado por Carmen. Passado e presente, duas gerações que estarão ligadas entre si e que se conectam de uma forma impressionante. O passado é no ano de 1943, quando a jovem Francesca tenta sobreviver no fascismo da Itália, onde este é um ano em que o país encontra-se cercado de horror e tragédia. Ela, o marido e os filhos tentam fugir pelo porto mas ela é separada do marido e levada para o Brasil com os seus dois filhos. Miguel, um homem rico e cheio de si, salva a vida de Francesca e dos filhos dela, o que seria uma salvação transforma-se num pesadelo. Miguel é um vampiro e sua espécie encontra-se em escassez e por isso ele fará de tudo para que tenha novas gerações de vampiros. As bruxas tiveram o mesmo destino, poucas sabem da existência da magia e muitas vivem no anonimato ou nunca souberam sobre seus poderes.

Os filhos de Francesca são Marco e Teresa, e durante a narrativa acompanhamos toda a trajetória da família, desde a bisavó até a jovem Carmem. E Miguel terá grande significado nessa linha do tempo, já que não podemos esquecer que ele é um vampiro. Os olhos do vampiro eram como duas esmeraldas, com um encantamento e sedução que provém dos vampiros. Ninguém é capaz de dizer ‘’não’’ a ele, é como uma perdição para as mulheres. Mas não é o herói da história, e sim o vilão. Um anti-herói que não me encantou de forma nenhuma, o que Miguel fez com alguns personagens me enojou e eu desejei que o final dele fosse bem cruel. 

Francesca, Teresa e Carmen, três gerações, e todas tolas no que se refere ao amor. Quando estão apaixonadas esquecem o significado da palavra ''razão'', apenas ficam obcecada pela pessoa amada, e isso pode ser um problema para o leitor. Na questão de Francesca e Teresa eu entendi o significado de algumas atitudes delas, mas de Carmen não. Ela teve a oportunidade de conhecer abertamente tudo que ocorreu, mas deixou-se ser manipulada, e quem leu o livro sabe do que estou falando. Francesca foi a única protagonista que eu gostei, ela viveu as piores dores e castigos que um ser humano pode ser submetido e aguentou durante anos um vilão cruel e sádico.

''[...] Eu já amei, amei o suficiente para compreender que o amor também é passageiro, e que o único amor eterno e incondicional, que não pode ser abalado, que não se acaba com o passar do tempo, é o amor que sentimos pelos nossos filhos.''

A narrativa da Raquel é rápida e direta, ela não é uma autora que fica enrolando para descrever as cenas e quando você menos imagina já terminou o livro. A autora levou a trama para um final totalmente diferente e inovador, mas que não deixa de ser legal. A narrativa é leve e voraz, as letras são de um tamanho ótimo para leitura e as páginas são brancas. Encontrei pequenos erros de revisão, mas nada que atrapalhe a leitura. A capa do livro representa bem a história, mas eu não gostei dela. Acredito que deve ser melhor trabalhada e a diagramação do livro também, e se por acaso tiver uma nova edição torço para ser com páginas amarelas.

Um livro que aborda temas sobrenaturais, mas que também retrara sobre os vários tipos de amor, sobretudo sobre a paixão avassaladora e intensa. Legado de Sangue mostra que uma obsessão pode destruir várias gerações.

Book Trailer:


Quotes:
''Só Miguel existia, só ele e a tentação do seu sangue, o seu gosto, o calor do sangue sobre o rubi.''
''O demônio em Miguel jamais morreria, ainda que ele assim desejasse e por mais que se esforçasse para tal, era impossível separá-lo do demônio que o habitava.''



19 comentários:

  1. Jéssica, muito obrigada pela resenha! Fico feliz que tenha aceitado participar desse projeto!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha e de conhecer mais um livro nacional. Quando vi na sinopse Miguel, achei que seria outro livro sobre anjos. Mas me surpreendi e descobri que é vampiros e bruxas. Parece muito bom. E com certeza tendo a oportunidade o lerei.
    bjos
    Leitura de Ouro
    www.leituradeouro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Que capa siniiistra, rsrsrs!
    A história parece ser muito legal, mas só leria em e-book, pq eu sou muito medroso e essa capa me deixou com um pouco de medo (talvez muito). hahahaha!

    Abraço.

    http://likelivros.blogspot.com.br/2014/09/destino-dos-sonhos-lugares-que-muitos.html

    ResponderExcluir
  4. Jessica, parabéns pela resenha. Ficou muito boa e muito interessante. Adorei principalmente por se tratar de vampiros. ..tenho uma certa paixão por eles...
    JÁ QUERO ESSE LIVRO.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Jéssica não conhecia o livro, parece interessante, pois gosto de sobrenatural. que bom que você participou de um projeto de Book Tour que deu certo! A capa me lembra capas do gênero dos anos 80's, achei muito legal. Gosto de narrativas que se alternam e a diferenças de gerações me atrai. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Ola Jess basou ler na sinopse vampiros e bruxas que assim como você já me chamou atenção, ao ler sua resenha fica bem notório que Miguel irá nos fazer passar raiva rs. E fiquei curiosa com esse final inovador da Autora. Vou ler para matar minha curiosidade . beijos lindona

    ResponderExcluir
  7. Oi, Jéssica! Eu já tinha escutado o nome da autora, mas não me lembrava do livro. É mais um cheio de coisas que não descem direito, ainda mais com vampiros e bruxas. E só essa capa já me faria desistir, achei meio macabra demais pro meu gosto (que bom que pelo menos nisso eu concordo com vc. rsrs).
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Jéssica!

    Não sou muito fã de romances desse tipo, mas esse livro tem um quê especial que não sei te dizer, mas que me chamou a atenção, assim como você também gosto do tema vampiros e bruxas e esse livro tem uma premissa diferente dos "mais dos mesmo" que vemos por ai, talvez seja esse o ponto chave que despertou meu interesse no livro. Espero lê-lo em breve!
    Abraço
    Claudinei Barbosa

    ResponderExcluir
  9. Oie Jessica!

    Eu gosto muito de livros sobrenaturais, mas de primeira o livro não me chamou muita atenção, acho a capa bonita, mas sei lá estranha e me deixa um pouco receosa com a leitura, gostei muito de sua resenha, mas o livro não me chamou muita atenção.

    Mayla

    ResponderExcluir
  10. Oi Jéssica, tudo bem?
    Eu conheço a escrita da Raquel, realmente não tem como largar até chegar ao fim, ele te prende. E eu adoro vampiros e bruxos!!!!!!! Achei essa história bem diferente, toda uma geração presa ao mesmo vampiro!!!!!! Mas queria que ele gostasse apenas de uma delas, sou romântica até no sobrenatural, risos..
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Jéssica,
    Adorei a resenha; sou fã de vampiros e bruxas e por isso já fiquei atento a resenha. Com certeza eu o leria, não agora porque a fila tá enorme, mas leria sim. Adoro livros que exploram várias gerações de uma mesma família e amores intensos e vorazes!
    Adorei a resenha ( :

    Abraço
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Ola Jéssica.

    Sou apaixonado por historias sobrenaturais principalmente as de vampiros e bruxas *_*
    Apesar de não ter chamado minha atenção leria o livro pelos seres da trama. Espero ter a oportunidade de dar uma lida nele, uma história alternada é bom para entender vários pontos de vista num livro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá

    Já tinha visto o livro pela blogosfera, mas não me lembrava de ter lido alguma resenha. Gostei do contexto em que a obra se passa e também dos nomes das personagens, mas acho que não me daria bem lendo um livro como esse. Não faz muito meu estilo. Mesmo assim deve ser fantástico pra quem gosta de livros sobrenaturais.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  14. Olá, Jéssica!
    Gostei bastante da sua resenha, mas o livro não conseguiu chamar minha atenção, esse tema não figura entre os meus favoritos... Mas gostei do fato de você destacar que a autora não é prolixa, isso com certeza motivará leitores amantes de sobrenatural a ler o livro!

    http://discodivinil.blogspot.com.br/

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  15. Não achei o final nada legal, apesar de ter achado fantástica a forma com que a autora uniu bruxas e vampiros no livro, apesar de odiar vampiros. Não tenho nada contra a capa, mas também torço para que, se vier uma nova edição, seja com folhas amarelas. A escrita da Raquel é ótima, envolve muito o leitor, realmente a gente lê rápido sem nem perceber.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  16. Que capa macabra!
    Apesar de gostar de sobrenatural, e de leituras que mesclam o presente e o passado, o livro não me chamou muito a atenção..
    Bacana a Mila ter organizado esse tour book e que deu certo né =)

    Beijiinhos ;*
    Andressa - Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  17. Eu gosto de historias sobrenaturais sobre vampiros e tals, mas ultimamente estou fugindo delas, pois tive muitas decepções, então eu dispensou a leitura desse livro, mas gostei da sua resenha e o livro parece ser bacana. No entanto, eu não leria ele no momento.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  18. Oi, Jéssica.

    Ainda não tinha lido nenhuma resenha desse livro, e essa é a primeira que eu vejo, ou seja, sua opinião positiva me despertou a curiosidade, apesar de eu não ser fã de criaturas sobrenaturais. Só o que me deixou com um pé atrás foi o fato de você ter dito que o livro é bem corrido e que a autora não perde tempo em descrições... coisas que amo em livros é descrições. Enfim, adorei a resenha.

    Att,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Jéssica,
    Desde twilight não li mais nenhum livro que possua a temática vampiros, então acho que por mais bem estruturada e atraente que a história seja e é, eu não irei conferir.
    Também acho que a capa pode ser melhorada e páginas amarelas são muito mais confortáveis, embora eu leia de qualquer jeito, rs.
    Acho que descrições demais são um problema que arrasta a leitura, mas de menos também não é legal, acho que perdemos um pouco da ambientação.
    Sucesso para a autora!
    Beijos
    Chrys Audi
    Blog Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!



ilustração por Lanillu | desenvolvido por Sete Coisas | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT © 2014