07 outubro 2014

Sessão Pipoca: Se eu Ficar

Título Original: If I Stay
Título Traduzido: Se eu Ficar
Direção: R.J. Cutler
Gênero: Drama
Duração: 1h46min
Distribuidora: WARNER BROS.
Elenco: Chloë Grace Moretz, Mireille Enos, Joshua Leonard.
Lançamento: 2014
Nota: 5/5 FAVORITO


Sinopse: Mia Hall (Chlöe Grace Moretz) é uma prodigiosa musicista que vive a dúvida de ter que decidir entre a dedicação integral à carreira na famosa escola Julliard e aquele que tem tudo para ser o grande amor de sua vida, Adam (Jamie Blackley). Após sofrer um grave acidente de carro, a jovem perde a família e fica à beira da morte. Em coma, ela reflete sobre o passado e sobre o futuro que pode ter, caso sobreviva.

Se eu Ficar teve sua estreia no Brasil no dia 04 de setembro de 2014, contendo Chlöe Grace Moretz como a protagonista. Ela interpretou Mia Hall, uma garota talentosa, inteligente e violoncelista, que acaba no meio de uma tragédia. Num dia frio e com muita neve, ela e sua família sofrem um acidente de carro e Mia perde aqueles que mais ama. Depois desse grave acidente, Mia fica à beira da morte e tem que escolher se vai ficar ou não. Ela está em coma, mas de uma forma inexplicável consegue ficar fora do corpo e presencia as cenas dos resgates e todo o procedimento do hospital. A história de Mia se passa em 24 horas, em alguns momentos temos flashbacks de sua vida, a convivência com seus pais e irmão mais novo, seu amor pela música clássica e violoncelo e sua história de amor com Adam.

Quem leu minha resenha do livro sabe que ele me decepcionou; eu criei tantas expectativas e elas não foram supridas, e também que eu não consegui gostar de Mia. No mês passado, fui ao cinema para conferir a adaptação nas telonas e tudo que eu não conseguir sentir com o livro o filme fez eu cair em lágrimas e entender a protagonista definitivamente. Chlöe encarnou em Mia, todos seus anseios, dúvidas e medos estavam lá; enfim pude compreender a jovem.


Uma das cenas que mais me comoveram é na parte da família de Mia. A relação dela com os pais, com seu irmão foi abordada de uma forma delicada. Percebemos logo de cara que os pais de Mia são engraçados e que contagiam com sua alegria e amor pelo rock. Então, como dizer adeus a essas pessoas maravilhosas? Como escolher ficar se não terá mais sua família? É uma decisão muito difícil para a  jovem. 

Jamie Blackley interpretou Adam de forma brilhante, sempre com aquele olhar apaixonado, perdidamente encantado por Mia Hall e completamente dedicado a banda, tanto que o ator cantou mesmo no filme. Um astro do rock apaixonado pela garota que ama música clássica, ambos podem ser diferentes mas a música os uniu e eles a amam verdadeiramente. Jamie fez as meninas suspirarem nas cenas românticas, contagiou nas cenas dos shows e até ficamos com raiva em algumas cenas de brigas entre ele e Mia. 


Eu chorei, eu ri e eu me comovi com Se eu Ficar. Um filme delicado, comovente e que deixa o telespectador emocionado com a história de Mia. Como toda adaptação cinematográfica temos algumas mudanças em relação ao livro, o que percebi de diferente foi que a banda de Adam está com outro nome (Não me recordo o novo nome), a melhor amiga de Mia é bem diferente, tanto na parte física quanto na emocional, mas eu gostei de como a atriz soube dosar sua personagem. Não é uma critica já que não tenho experiência em analisar filmes, porém precisava escrever esse post para vocês saberem o que o filme Se eu Ficar fez comigo.

''Não é incrível como a vida é uma coisa e, então, de repente, se torna outra?”
    
                 

19 comentários:

  1. Vou conferir. Assisti um, pela netflix. João e Maria. É de ação, muito bom. Achei uma pena não ser uma série.
    Tenho novidades em meu blog.
    http://renatacaline.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Jéssica, então eu estou com o livro "E se eu ficar" aqui, mas por causa das parcerias ainda naõ li. Estou muito ansioso para ler e ver o filme, rsrs. Parece ser tão lindo mesmo *-*
    Abraço, www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. oi Jessica!!
    todo munto ta falando desse livro e daki a pouco vou comprar tomana ne!!
    bjão!!
    http://mergulhado-em-historias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Jéssica.
    Você não imagina minha felicidade ao terminar de ler sua resenha.
    Eu li o livro, e também li sua resenha, e praticamente compartilhamos da mesma opinião: não gostei muito da leitura e não me envolvi com Mia, e não senti a emoção esperada.
    Ainda bem que o filme supri tudo aquilo que me fez falta no livro.
    Eu não assisti ainda, nem chegou na minha cidade, mas a minha caixinha de lenços que ganhei com o livro ainda está guardada e pelo visto ela será muito útil no filme.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paty! Eu lembro que comentei na sua resenha também..rsrsrs. Tivemos uma opinião bem parecida mesmo, eu não gostei muito do livro. Fiquei bem decepcionada. Mas o filme me surpreendeu. Sério. Foi mais tocante, eu pude sentir a emoção. Beijos!

      Excluir
  5. Oi Jéssica, tudo bom?!
    Ainda não li esse livro, mas fiquei sabendo que o livro é bem fraquinho. Pela sua resenha isso ficou bem claro, apesar de ser lindo o filme é melhor HAHAHAH. Adorei a sua resenha, ainda quero ler esse livro um dia, rs. Será que eu vou amá-lo?! Ou odiá-lo?! HAHAH

    Beijos, Rob

    ResponderExcluir
  6. Olá

    Esse livro tomou conta da blogosfera e simplesmente todo mundo estava falando do livro. Não fiquei muito interessado na leitura e ainda mais com vários blogs falando que o livro não era grandes coisas, me senti bem comigo. Mas o filme parece ser bacana, vi vários blogs indicando fortemente a adaptação e você foi uma delas que gostou mais do filme que o livro. Pretendo assistir em breve, mas não irei ler a obra nem se eu acabar curtindo o longa.

    PS: Na barra lateral estou vendo algumas fotos do Instagram, QUE SENSACIONAL ESSA HQ DE STAR WARS...................................... desculpe estar comentando sobre isso nesse post, mas eu não tenho instagram pra ir lá surtar u_u

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Matheus! Obrigada pelo seu comentário. Hahahahahaha.. é muito lindo esse HQ, eu comprei na banca. O primeiro HQ foi 9,90 e junto com ele veio uma mapa estelar. Pode comentar por aqui sem problemas, eu fiquei louca quando vi. Tá muito linda a edição. Abraços!

      Excluir
  7. Jess lindona eu me emocionei com o livro e ainda não assisti o filme e no livro o que mais me emocionou foram esses flash blacks de momentos simples com a família que são momentos de pura harmonia . Pelo visto quando eu assistir então precisarei de um balde para as lágrimas hehe beijos lindona

    ResponderExcluir
  8. Jéssicaaaa, super me identifico. Aconteceu EXATAMENTE O MESMO comigo. O livro ficou bem aquém das minhas expectativas, mas o filme me emocionou demais, tanto que eu chorei 2 vezes. Não sei se foi a visão das cenas, a interpretação dos atores, a música de fundo, só sei que a história funcionou melhor na tela do que nas páginas. Também senti algumas diferenças, mas o nome da banda passou batido. Rs
    Beijinhos!
    www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  9. Também chorei (bastante, aliás), ri e me comovi. Mas ao contrário de você já tinha me apaixonado pela história quando li o livro, então algumas modificações acabaram não me agradando... mas mesmo assim recomendo demais o filme, ficou extraordinário! Agora estou aqui louca pra ler o segundo livro... rs...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  10. Olá, Jéssica!

    Já li o livro, mas infelizmente ainda não tive a oportunidade de conferir a sua adaptação! Quando fui ao cinema, o filme já tinha saído de cartaz... fiquei bastante chateado. Mas a vida é assim, não é? Vou esperar que saia em dvd ou na internet e aí sim assisto!

    Até logo,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, Jéssica
    Eu li o livro e gostei. Confesso que eu imaginei que ficaria muito emocionado lendo o livro, porém não fiquei. Foi uma leitura sensível e que me tocou mas não me emocionou. Não tinha taaaantas expectativas também!
    Ainda não vi o filme, mas uma gama de comentários afirmam que ele sobressai ao livro e eu acredito que vou amar ainda mais! Sua resenha me deixou bem curioso com essas relações de Mia e sua família. Isso foi o que mais me instigou no livro!

    Abraços
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, Jéssica!!

    Eu gostei do livro. Não foi um dos melhores, mas a Mia me pegou, me identifiquei com ela em alguns aspectos.
    Amei o filme, desde o trailer eu já sabia que esse filme iria me emocionar e que seria bem superior ao livro. Fiquei feliz por não estar enganada; e fiquei feliz por saber que um filme pode sim superar o livro.

    ~ Blog:
    . Cantar Em Verso
    . Fbook Cantar em Verso

    ~ Página pessoal:
    . Fbook

    ResponderExcluir
  13. Eu quero ler o livro antes de ver o filme, mas já vi muita gente dizendo que se decepcionou com o livro, culpa da querida expectativa que sempre depositamos em algo, né? Mas mesmo assim ainda lerei, sempre é bom tirar minhas próprias conclusões e quanto ao filme, fico feliz ao ver que ele te agradou, pelo menos a história não foi ruim para ti, né? Enfim, adorei o post e irei tentar ler o livro e assistir o filme logo oo/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Jéssica, tudo bem?
    Eu tô DOIDA para ver esse filme. Acompanhei toda a produção dele e sei que também vou acabar me emocionando horrores com ele.
    Tenho que me preparar. <3

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  15. todo mundo esta falando desse filme/livro, sera que é bom mesmo??
    http://mergulhado-em-historias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. todo mundo ta falando desse livro kkk!!
    http://mergulhado-em-historias.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!



ilustração por Lanillu | desenvolvido por Sete Coisas | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT © 2014