Resenha: Man Repeller (A divertida moda que espanta os homens) - Leandra Medine

Man Repeller
Em seu primeiro livro, a badalada blogueira e queridinha do mundo fashion conta suas divertidas memórias. Com jeito insolente, uma franqueza desconcertante e fotos de seu arquivo pessoal, Leandra compartilha detalhes da noite em que perdeu a virgindade, quando esqueceu de tirar as meias soquetes brancas, e descreve o momento em que percebeu que a clutch Hermès vintage da sua avó, feita de pele de avestruz, poderia guardar muito mais do que a chave e o celular. Leandra é a prova de que não precisamos trair nosso estilo repelente nem mesmo ao procurar o vestido de noiva (que pode ser muito bem ser combinado com uma jaquetinha perfecto de organza). Exibindo as opiniões originalíssimas de uma blogueira que ganhou milhões de fãs, este livro reúne experiências divertidas e meio bizarras, uma história amor superdoce e, acima de tudo, um lembrete para celebrarmos um mundo que é feito pelas mulheres e para as mulheres. Skoob

Autora: Leandra Medine
Editora: Novas Ideias (Grupo Editorial Novo Conceito)
Páginas: 256
Nota: 3/5

Man Repeller foi publicado no Brasil pelas Novas Ideias, selo do Grupo Editorial Novo Conceito. É o livro de estréia da jornalista e blogueira Leandra Medine,  que faz uma autobiografia despretensiosa contanto situações divertidas da sua vida e relação com a moda desde a infância, passando pela adolescência, o momento em que decidiu criar o seu blog "Man Repeller" até seu casamento.

Cada capítulo é nomeado com uma peça de roupa ou acessório e fala sobre a importância que essa peça teve para o momento que está sendo descrito. Leandra sempre foi apaixonada por moda e essa paixão rendeu muitas situações engraçadas por seu gosto um tanto peculiar nesse meio.

Quando comecei a ler não estava muito empolgada com a leitura por se tratar da história de alguém que é apaixonada por moda e eu nem tanto. Muitas palavras e nomes de peças não eram do meu conhecimento e tive que recorrer ao Google para saber do que se tratava, mas com o decorrer da leitura já não me importei tanto com isso porque ficava mais envolvida com os acontecimento bizarros na vida da autora.

Leandra se expõe de forma única nesse livro, contanto abertamente detalhes de sua intimidade, seu relacionamento com a família e amigos, suas decepções amorosas que em parte ela acreditava ser pela maneira de se vestir que "repelia os homens". O mais legal de tudo é que ela usou toda a experiência que teve para criar esse blog e incentivar outras mulheres a se amarem e vestirem da forma que gostam e que vão se sentir confortáveis sem precisar impressionar ninguém.

O livro não segue ordem cronológica exata então tem capítulos que ela é uma criança, logo depois adulta e no próximo adolescente, mas não deixa a gente perdido nem tonto. Toda essa mistura acaba fazendo sentido. A capa do livro é bem coerente com o livro e as páginas são amareladas. No decorrer do livro temos fotos da própria Leandra no momento em que está contando a história e/ou a peça do guarda-roupa da vez. Leitura rápida e descontraída.

Quotes:
"Tudo em você é atraente, a não ser esse short idiota de cintura alta."
"Não estamos sozinhas porque não conseguimos encontros. Não, nós estamos sozinhas porque a moda é um chamado à individualidade. Se isso for indecifrável para um homem desprezível, fique sabendo que, se você não gosta de estampa de leopardo, eu não gosto de você.






1 comentários:

  1. Oi Benda
    Gostei deste livro, gosto de moda e acho bem a minha cara. Legal. Vou ler.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!