24 janeiro 2015

Resenha Nacional: Finitus - Juliana Walker


Nunca entendi bem o que era alma gêmea, duas almas vivendo em um só corpo, conectada eternamente por uma força inexplicável. Afinal, o que seria isso? Como podemos ter uma alma que é nossa, mas vive em outra pessoa? Ouvi falar que podemos encontrar essa alma em um amigo, um irmão, na família, mas o que é mais falado é que nossa alma gêmea é nosso companheiro eterno, aquele com quem dividiremos nossa vida, aquele que entenderá tudo sobre nós sem abrirmos a boca. É aquele que sentamos lado a lado, em silencio, sem precisar dizer uma palavra, e ainda assim, sabemos que não estamos sós, que temos um amigo, alguém que sempre nos entenderá, não importa o quão difícil nossa vida possa ficar. Uma vez senti que o encontrei, essa parte de mim jogada no universo, mas ele não estava a minha procura, e nem eu a procura dele. Essa é a historia de como eu encontrei um homem, aquele que pôde ter sido meu melhor amigo, meu irmão, meu amor, mas creio que essa resposta só ele pode me dar... Skoob

Autora: Juliana Walker
Editora: APED
Páginas: 124
Nota 3/5

Liana é um jovem universitária romântica apaixonada por romances literário, mas que nunca encontrou realmente o amor. Sua tia, com quem ela vive, sonha com o dia em que ela encontre alguém que a faça feliz. Certa noite Christopher, um rapaz misterioso, aparece em sua janela pedindo ajuda para completar uma missão que só ela poderá ajudar. Inicialmente, Liana não acredita nessa história, porém vai descobrir que por trás do que parece absurdo existe um propósito maior.

Projeto Finutus, tudo o que Christopher dizia parecia girar em torno dele, mas o que seria esse projeto e qual a importância que Liana teria para tal? Depois de receber a visita inesperada de Christopher, Liana passou anos sem vê-lo tentando decidir se de fato aquela noite aconteceu ou foi algum sonho, porém ela tinha provas de que ele esteve em seu quarto, mas se ele precisava tanto de sua ajuda porquê desapareceu, era o que ela queria saber.

Christopher é uma jovem rapaz que tem o desejo de participar do Projeto Finitus, mas antes precisa participar de uma missão a pedido de seu mestre e parece que só Liana poderá ajudar. Ele tem instruções em sua mochila que só deve abrir no dia certo e seguir com a ajuda de Liana. Ele não sabe qual é o proposito de tal missão, mas precisa passar por ela antes de fazer o que mais deseja. Depois de pedir a ajuda de Liana, Christopher volta de onde veio para buscar sua mochila para auxiliá-los na missão, nisso passam-se anos. Assim como ele apareceu da primeira vez, aparece novamente, desta vez com a mochila e pronto para cumprir seu destino. De início Liana não gosta muito do jeito de Christopher e ambos não entendem bem o propósito de cada etapa que tem que cumprir, mas com o passar do tempo eles vão se aproximando e descobrindo sentimentos nunca antes experimentados por ambos. Quando finalmente Christopher descobre o motivo de sua missão, resta a ele decidir qual caminho escolher.

Finitus conta uma história de amor única que envolve ciência e escolhas. Ao decidir por um caminho, automaticamente abrimos mão de todos os outros e cada escolha tem uma consequência. A autora construiu uma trama muito diferente, mas a história não ficou muito bem amarrada para mim e confesso que esperava mais do livro. Ao final da leitura fiquei com muitas dúvidas sobre o Projeto Finitus e os mestres de Christopher. O livro se passa em dois tempos diferentes, presente e futuro, e fica meio confuso no começo mas ao terminar a leitura entendemos que essa passagem de tempo é necessária.

Quotes:
"E fiquei, ali sentada na minha cama, apenas olhando aquele estranho rapaz dos olhos castanhos. E digo agora, assim que olhei naqueles olhos, eles nunca mais saíram de meus pensamentos."
"Hoje percebi, ali, vendo tantas pessoas juntas, vi que se as pessoas estão bem juntas não precisam estar em um lugar que agrade a ambas, só precisam entender uma a outra. Se duas pessoas se gostam de verdade faz um esforço para agradar a outra, ou, simplesmente, sentem-se felizes por estar ao lado da pessoa que se ama."
"[...] o mundo pode parecer às vezes , estar contra nós, mas sempre pode existir alguém por aí para nos dizer o contrário, e nos dar a força que precisamos para continuar..."



 

2 comentários:

  1. Me encantei pela historia!
    Adoro romances que não são apenas romances, entende? haha
    Beijo, Ana do dia ♥

    ResponderExcluir
  2. Achei a capa muito bonita e gostei da premissa da história, mas a sua resenha me deixou um pouco confusa hehe. Infelizmente, tenho lido muitos livros que ficam com pontas soltas. Ao mesmo tempo que isso me frusta, acredito que alguns autores fazem isso propositalmente para instigar a curiosidade do leitor.
    Beijinhos

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!



ilustração por Lanillu | desenvolvido por Sete Coisas | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT © 2014