14 março 2015

Resenha: Vermelho Como o Sangue - Salla Simukka

No congelante inverno do Ártico, Lumikki Andersson encontra uma incrível quantidade de notas manchadas de vermelho, ainda úmidas, penduradas para secar no laboratório de fotografia da escola. Cédulas respingadas de sangue. Aos 17 anos, Lumikki vive sozinha, longe de seus pais e do passado que deixou para trás. Em uma conceituada escola de arte, ela se concentra nos estudos, alheia aos flashes, à fofoca e às festinhas dominadas pelos garotos e garotas perfeitos. Depois que se envolve sem querer no caso das cédulas sujas de sangue, Lumikki é arrastada por um turbilhão de eventos. Eventos que se mostram cada vez mais ameaçadores quando as provas apontam para policiais corruptos e para um traficante perigoso, conhecido pela brutalidade com que conduz os seus negócios. Lumikki perde o controle sobre o mundo em que vive e descobre que esteve cega diante das forças que a puxavam para o fundo. Ela descobre também que o tempo está se esgotando. Quando o sangue mancha a neve, talvez seja tarde demais para salvar seus amigos. Ou a si mesma. Skoob

Autora: Salla Simukka
Editora: Novo Conceito
Páginas: 240
Nota: 3/5
"Era uma vez uma menina que aprendeu a ter medo"

Lumikki Andersson é uma jovem de 17 anos estudante de teatro na escola de Tampere, na Finlândia. Ela é discreta, solitária e independente, vive sozinha desde que saiu da casa de sua família. Ela apreendeu desde cedo a não sentir medo e a se manter afastada de problemas, mas todo o cuidado e conselhos que reuniu pra ela mesma não foram suficientes para mantê-la afastada de problemas dessa vez.

Elisa, Tuukka e Kasper são amigos e também estudam na mesma escola de teatro que Lumikki; eles não tem nada em comum e nem nunca foram próximos, porém isso mudará em breve. Uma noite comum de diversão numa festa na casa de Elisa termina de uma forma diferente das festas anteriores, ela encontra em seu jardim um saco cheio de dinheiro e sangue, sem saber o que fazer mostra a Kasper e Tuukka que teve a ideia de limpar o dinheiro no laboratório para revelação de fotografia da escola.

Como hábito rotineiro seu, Lumikki ao chegar a escola se dirige para o laboratório de fotografia para ficar sozinha por uns instantes e se depara com uma cena inesperada. Várias notas de dinheiro manchadas penduradas para secar, sem saber o que fazer ela resolve sair daquela sala. Um tempo depois resolve voltar e não encontra mais o dinheiro. Logo desconfia que um de seus colegas está com o dinheiro e movida pela curiosidade resolve segui-lo. Essa curiosidade vai mudar a sua vida e envolvê-la em uma situação de extremo risco numa investigação sobre corrupção e tráfico de drogas. Lumikki é arrastada sem querer para essa situação de um jeito que ela não consegue mais abandonar até resolver, junto com Elisa, Tuukka e Kasper, vai descobrir a amizade e que nada e nem ninguém é o que realmente parece ser.

Eu gostei do livro, justamente porque não sabia o que esperar. Quando vi que seria lançado, o seu título me despertou grande curiosidade, pois pensei que seria uma releitura da Branca de Neve, mas então li a sinopse e fiquei muito confusa tentando adivinhar qual seria a relação desse livro com uma história infantil. Em alguns momentos do livro temos referências e trechos de contos de fadas, principalmente da Branca de Neve que também é o significado do nome da protagonista em finlandês, mas a história em si não tem nenhuma ligação com tais contos.

O livro termina de uma forma que resolve os problemas que apareceram, mas algumas coisas ainda não foram reveladas com clareza, acredito que veremos melhor nos próximos livros, apesar de não deixar nenhum gancho no final. "Vermelho como o Sangue" é o primeiro volume da trilogia da Branca de Neve de Salla Simukka. Os próximos livros são "Branco como a Neve" e "Preto como o Ébano" que ainda estão sem data de lançamento no Brasil.

Quotes:
"Seu cabelo não era preto, sua pele não brilhava como a neve fresca recém-caída e seus lábios não eram impressionantemente vermelhos. É sério, quem dá o nome à filha por causa da Branca de Neve? Não era tão ruim em finlandês; Lumikki era um nome de verdade, ainda que fosse também a personagem da história dos irmãos Grimm."
"A maneira mais fácil de não ter problemas na vida é se intrometer o mínimo possível."
"Nunca dê opções para as pessoas, apenas lhe dê diretivas simples. Não implore nem exija, apenas diga a elas como as coisas são."
"Não procure o poder por vingança. Procure o poder para evitar situações que a fariam querer vingança."




 

11 comentários:

  1. Ola Brenda a premissa do livro é bem interessante , mas o fato de esse final ficar com algumas pontas soltas me deixam com o pé atrás com o livro, vou esperar sair o próximo livro para saber se leio a série . beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Brenda, tudo bom!
    Essa capa é muito bonita *-*
    Fiquei triste de saber que a história não tem tanta conexão com os contos.
    Uma pena, mas é uma trilogia, então vamos ver os outros livros!
    Bjs
    Www.horadaleitur.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Brenda. Li esse livro há uns meses, mas acabei nem resenhando porque não me conectei. Esperava uma releitura também, e como tinha lido a sinopse achei bacana aliar contos de fadas a policial, mas levei um balde de água fria. Não estou nem um pouco ansiosa pelas continuações.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Brenda, tudo bem?
    Não sabia que era uma trilogia. Gostei muito do nome escolhido para os três livros, bem sugestivos e acho que resumem as histórias. Já vi gente gostando do livro e algumas pessoas não gostando tanto assim. Eu fiquei super interessada com esse mistério. Aqui lendo sua resenha, veio a minha mente aqueles filmes que satirizam os filmes de terror, colocando um seta gigantesca não vá por aqui e é justamente o caminho que o personagem faz. Acho que foi exatamente o que ela fez, sabia que era encrenca e foi assim mesmo. Eu nunca que iria seguir essa gente, risos... Já está na lista!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Jess, tudo bem?

    Confesso que o livro não faz o meu estilo. Mas te entendo quanto a não saber o que esperar do livro e ele acabar nos surpreendendo. É bom demais, né?

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Brenda, tudo bem?
    Sempre vejo alguém falando desse livro mas nunca vi ninguém dando a nota máxima, pq será? Acho que leria se ganhasse e compraria pela capa pois acho linda demais. Que bom que o livro te surpreendeu, vou anotar a dica.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  7. Eu também achei que fosse ter ligação com a Branca de Neve! Bom, tem pelo menos referências e citações desse e de outros contos, então pelo menos não tô louca, ouvi falar de alguma coisa a respeito e deve ter sido disso! rs... ainda não tenho certeza se quero ler, de qualquer forma acho que vou esperar o lançamento dos demais livros.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  8. Oi, Brenda!
    Não li esse livro ainda. Confesso que quando vi a capa e o título fiquei bem empolgada, e pela sinopse também achei que seria uma releitura, mas pelo que você diz, não foi bem assim.
    Ainda assim, você pareceu curtir. Vou pensar se embarco nessa leitura, afinal é uma série, né!?
    Não to querendo começar mais séries. rsrs

    Beijinhos
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo.

    ResponderExcluir
  9. Embora o marketing da editora em cima do livro tenha sido bom, eu não fiquei com vontade de ler o livro. As resenhas estão sendo bem negativas, o que me deixa com menos vontade ainda de ler. Vou mandar pra minha colunista ou sortear no site.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
  10. Não aguentei terminar de ler, parei no cap 17.
    No começo a Lumikki é descrita de um modo que não bate com a garota que se envolve no rolo. Meio que perde o sentido da coisa e fica chato. Lumikki gosta de ser invisivel e de repente resolve ajudar um bando de desocupados riquinhos?
    Não gostei da história.

    ResponderExcluir
  11. As pessoas que não gostaram de Vermelho como Sangue, certamente, estão frustradas por a história ser algo diferente dos contos de fadas. Acredito que Deveríamos parar de fantasiar e esperar algo de um livro ou escritor e mergulhar na história, ao invés de ler comparando isso e aquilo.

    A respeito do livro, a leitura é ótima, envolvente e instigante. Diferente de outros títulos que envolvem adolescentes, não é meloso e nem cansativo. Eu estou ansiosa por Preto como Ébano e super curiosa com o final da trilogia.

    O único livro que não terminei até hoje é Dom Casmurro, e por que me sinto cansada com tanto rodeio que o personagem faz para contar a história, gosto de textos leves e objetivos, mas eu ainda quero terminar de lê-lo, pelo final.

    Gostei do blog, :)

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!



ilustração por Lanillu | desenvolvido por Sete Coisas | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT © 2014