Mania em Série: iZombie - Pilot "Primeiras Impressões"

Título: iZombie
Criadores: Rob Thomas e Diane Ruggiero
Estreia: 17 de março de 2015
Ano de Produção: 2015
Emissora: CW
Gênero: Comédia dramática, Terror, Policial
Elenco Principal: Rose McIver, Rahul Kohli, Robert Buckley, Malcolm Goodwin, David Anders.
Sinopse: Olivia "Liv" Moore (Rose McIver) tinha bochechas rosadas, era disciplinada, médica residente com sua trajetória de vida completamente traçada... até a noite em que ela foi a uma festa que transformou-se, inesperadamente, em um frenesi zumbi. Agora, transformada em morta-viva, ela conseguiu um emprego no departamento legista para ter acesso aos cérebros de que deve se alimentar para manter sua humanidade. Mas, a cada cérebro que ela consome, ela herda a memória que nele habitava.

Salve galera! Sou J.Henrique e a partir de hoje teremos um encontro marcado por aqui pontualmente as sextas-feiras. Nosso assunto? Séries. E, sem mais delongas, vamos começar com uma nova que tem tudo pra ser uma das grandes e surpreendentes estreias do ano. Vamos lá! Espero que curtam a experiência e não esqueçam de deixar sua opinião, certo? =D



Primeiras Impressões

“A vida é curta e então você morre.”- Liv

''iZombie'' é uma série da CW que acompanha a trajetória de Olivia “Liv” Moore, uma garota zumbi que começa a trabalhar no necrotério e, após comer os cérebros dos que ali chegam, consegue ter visões das vidas daqueles que partiram. Assim, ela passa a ajudar a polícia a solucionar diversos casos, afirmando que é uma médium.

Com uma premissa dessas a série chama a atenção. Baseada na HQ da Vertigo, de mesmo nome ''iZombie'', traz em seu papel principal a atriz Rose McIver, conhecida por seu papel em Power Rangers RPM como a ranger amarela e Once Upon a Time onde interpretou a fada Sininho.

Meu primeiro destaque fica por conta da dinâmica inicial do episódio, sem muita enrolação de como tudo aconteceu e sem longas explicações das condições da personagem principal. Liv é uma residente médica que leva sua vida de maneira certinha e tudo bem planejado, assim como seu noivado com Major Lilywhite (Robert Buckley), porém seguindo a sugestão do amado (que sorte, não?) ela resolve participar de uma festa que, inesperadamente, por conta de uma droga, se transforma num pequeno apocalipse Zumbi. Destaque aqui pro Zumbi que transforma Liv: Blaine DeBeers (David Anders). Garanto que aquela não foi sua última aparição e que bons planos envolvem o personagem, mas voltando ao episódio... Olivia desperta dentro de um saco plástico da polícia e precisa agora viver sem chamar muito a atenção, o que tem grande impacto em sua vida, levando ao término do noivado com Major e sua saída da residência do hospital.

A jovem zumbi passa a trabalhar no necrotério, onde pode alimentar-se dos cérebros (Uma ótima combinação de pimenta, miojo e cérebro) do que por ali passam sem que ninguém perceba, mas é claro que seu chefe, o famoso médico legista Dr. Ravi Chakrabarti (Rahul Kohli), descobre e fica animado com a condição de Liv e as possibilidades científicas de seu caso.



A virada na história se dá com o fato de Liv, ao alimentar-se do cérebro dos falecidos, acaba por adquirir suas memórias e personalidades. Aqui vale lembrar dos pequenos furtos (que por curiosidade eram de apenas objetos de cor vermelha), advindos da personalidade de Tatiana. Dessa forma, a garota acaba se envolvendo em uma investigação policial ao lado do detetive Clive Babineaux (Malcolm Goodwin), onde passa a ajuda-lo, fingindo ser uma médium.

''iZombie'' chega com uma pegada mais leve, equilibrando os casos da semana com o drama da personagem principal que precisou abandonar tudo em sua vida e o lado cômico das situações vivenciadas por ela. As cenas de ação no final do episódio empolgaram e pequeno momento de descontrole de Liv mostrou que nem tudo está 100% em ordem. Clive que se cuide, rs. 

Serão 13 episódios onde poderemos acompanhar a trajetória da pós-vida de Liv e, embora seja cedo pra falar, acredito que esta possa ser uma das surpresas da temporada, afinal a série teve uma estreia boa e um roteiro bem elaborado que cumpriu bem seu papel de piloto. Agora nos resta aguardar o restante dos episódios e ver o que o destino de Liv nos reserva.

OBS:
  • ''Pequeno Spoiler: O que foi aquela cena da Liv vendo o Major jogando vídeo game com outra garota. Tipo, estou seguindo em frente sem você, mas precisava ser logo matando Zumbis? #PobreLiv''
  • Destaque total pra abertura. AMEI!
  • Uma questão que surgiu durante a discussão do episódio. Por que os cabelos da Liv ficaram brancos? Seria a falta de vitaminas?
  • Quanto tempo até Clive descobrir a verdadeira condição de Liv? Façam suas apostas.

Trailer da série:


Por hoje é só pessoal, mas semana que vem tem mais. Não deixem de acompanhar e comentar, sua opinião é muito importante para o andamento da Mania em Série. Criticas construtivas são bem-vindas ;) Ok?!!! Ainda não conhece a série? Então corre lá! Não fique de fora dessa incrível aventura Zumbi.



João Henrique

7 comentários:

  1. Eu ainda vou assistir essa série. Parabéns pelo post João! Eu sou fá de quase tudo que tem a ver com Zumbis. Depois pergunta para a Jéssica rsrs
    Essa é uma série bem atípica pelo visto, já que temos um zumbi como protagonista (e isso me lembra "Meu namorado é um Zumbi"). Meu sangue chega gela rsrs
    Espero gostar da experiência de assistir essa série.
    Parabéns pelo post e pela vaga de colunista. A Jéssica é uma ótima pessoa. Você vai se divertir muito com ela.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu! Sim.. você adora zumbis, já eu morro de medo kkkkk. Obrigada pelo elogio, agradeço. Obrigada pelo comentário. Beijinhos.

      Excluir
  2. Oi Jéssica e João, tudo bem com vocês?
    João, gostei muito do seu texto, você escreve muito bem. Parabéns pela coluna aqui no blog. Nossa, que série diferente e bem sinistra, ela come cérebros??? Mas adorei a parte policial, já vi que serão investigações bem diferentes e dessa vez, a polícia estará na vantagem, já que ela já está morta, então, o que podem fazer com ela? Risos... Só fiquei com pena do noivo dele, vão mantê-lo na série? Já pensou, os dois se esbarrando, sem poderem ficar juntos???
    Dica super anotada.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi João,
    Não sou muito ligado em coisas de Zumbis, porém, não odeio. Talvez, quando eu estiver com mais tempo eu pare para ver a série.

    Abraços. www.ricsonronny.tk

    ResponderExcluir
  4. Oi João, tudo bem? Já tinha visto um post sobre essa série e me interessei bastante. Nunca li nada e nem assisti nada sobre zumbis, nunca me interessei, mas essa premissa me chamou atenção. Achei legal que ao comer os cérebros a Liv passa a ter visões das pessoas a quem pertenciam e como isso a leva a ajudar na investigação de assassinatos. Também gostei de ter um lado de comédia.

    Gostei muito dessa abertura, ficou bem legal.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  5. Que diferente! Não sei se estou pronta para ver zumbis de forma tão humanizada haha! Ela consegue trabalhar, pensar, essas coisas? Achei que zumbis só gemiam, se arrastavam e comiam carne humana hahaa! Mas parece algo interessante de se ver, vou esperar sair alguns capitulos, e dai faço uma mini-maratona =]

    ResponderExcluir
  6. Ai, que coisa mais horrorosa e assustadora ela comer cérebros e ganhar de brinde as lembranças... hehe... tenho pânico de zumbis, apesar da abordagem diferente e até interessante, não veria de jeito nenhum.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!