22 abril 2015

Resenha: A Transformação de Raven - Sylvain Reynard

Florença, o berço do Renascimento. Um lugar culturalmente fervilhante, perfeito para quem quer esconder segredos ou está em busca de uma segunda chance. Como a doce Raven, que se muda para a cidade na tentativa de esquecer os traumas do passado e se dedicar à sua maior paixão: a restauração de pinturas renascentistas. Um dia, voltando para casa do trabalho na Galleria degli Uffizi, sua vida muda para sempre. Ao tentar evitar o espancamento de um sem-teto, Raven é atacada. Sua morte parece iminente, mas seus agressores são impedidos e brutalmente assassinados. Assustada e prestes a perder os sentidos, ela só consegue vislumbrar uma figura sombria que sussurra: Cassita vulneratus. Ao despertar, Raven faz duas descobertas perturbadoras: uma semana se passou desde o ocorrido e ela se transformou por completo. Quando volta ao trabalho, mais uma surpresa: alguém conseguiu burlar o sofisticado sistema de segurança da galeria e roubar a inestimável coleção de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia. Em busca da verdade, Raven cairá diretamente nos braços do Príncipe de Florença – tão belo quanto poderoso, tão sedutor quanto maligno –, que lhe apresentará um submundo de seres perigosos e vingativos, cujas leis ela precisa aprender depressa se quiser se manter viva e salvar os que a cercam. A transformação de Raven marca o início da série Noites em Florença, cujos personagens foram apresentados em O príncipe das sombras. Skoob / Leia um Trecho

Autor: Sylvain Reynard
Editora: Arqueiro
Páginas: 448
Nota: 4/5

 O Príncipe das Sombras#1 (Conto)

No conto "O Príncipe das Sombras" vimos a introdução da série Noites em Florença e conhecemos o motivo do príncipe de Florença querer vingança e a relação que a nova série sobrenatural de Sylvain Reynard tem com a sua outra série, O Inferno de Gabriel (que não tem nada de sobrenatural).

Em "A Transformação de Raven" conhecemos um outro lado do príncipe, a misericórdia, lado este que não é mostrado a qualquer um, muito menos um humano que não significa nada para ele, mas eis que ao encontrar uma Cassita Vulneratus o príncipe decide interferir no seu trágico destino iminente e a resgata.

Raven é uma jovem e doce americana que trabalha com restauração de pinturas renascentistas na Galleria degli Uffizi em Florença. Ela usa óculos de grau escondendo seus belos olhos verdes, manca com o pé direito virado para o lado e usa uma bengala para sustentar seus passos. Um pouco acima do peso, usa roupas largas, os cabelos longos e negros sempre presos. As pessoas ao seu redor supunham que sua deficiência era devido a algum problema congênito, mal sabem eles que por trás da sua mudança para Florença esconde-se uma passado sombrio que ela tanto quer esconder.

Um dia voltando de uma social com os amigos depois do trabalho, ela se deparou com um cena injusta onde homens judiavam e humilhavam de um sem teto que Raven conhecia e que sabia que nunca tinha feito mal algum para ninguém, tomada por um sentimento de justiça e armada de uma coragem tola decide defender o amigo, só não imaginava que a indignação dos agressores seria dirigida pra ela e que acabara de colocar sua vida em risco.

Alguns dias depois Raven acorda sem saber o que lhe aconteceu, mas ainda coisas estranhas acontecem. Ela está diferente. Seu pé direito está simétrico com o esquerdo. Conseguia enxergar perfeitamente sem seus óculos. Seu corpo estava perfeito. Peso, curvas e sem imperfeições. Um verdadeiro milagre.

"Sabia como deveria ser a sua imagem: feia, acima do peso, com uma perna que não funciona direito. No entanto, tinha a aparência de uma linda jovem com duas pernas completamente normais."

Ao voltar para sua rotina de trabalho na Galleria degli Uffizi descobre que a coleção de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia, que foi emprestada pelo casal Emerson, foi roubada e uma semana se passou sem que alguém a tenha visto ou ela tenha algum registro em sua mente, o que a torna suspeita do crime. Mas nas sombras se esconde um improvável protetor que vai lhe apresentar um mundo completamente diferente cheio de perigo mortal, sensualidade, erotismo, paixão à flor da pele e a sede de sangue.

Agora você deve estar pensando que já sabe tudo que acontece nesse livro ou que ele é parecido com algo que você já leu, mas se enganou (eu pensei isso também rsrsrs). Ao longo da trama quando você pensa que as coisas estão indo para um caminho óbvio é justamente aí que tudo muda.

"Prepare-se para ver seu universo se expandir."

Temos um pouco de cada mundo. O de Raven, o do príncipe e do que eles estão vivendo. Quanto mais eu lia sobre o principado e o submundo mais eu queria ler (e ainda quero). O príncipe é cruel, não tem rodeios para falar ou fazer o que quer e só se importa com ele mesmo e seus interesses. Raven é uma boa mulher, humilde, humanitária e defensora que se sacrifica para ajudar o próximo. Os personagens são ótimos e além dos protagonistas, Aoibhe (pronuncia-se Ava), a aliada mais leal do príncipe, é minha favorita, com todo seu sarcasmo e sensualidade.

A história se desenrola deliciosa e preguiçosamente e eu adorei, mas confesso que minhas expectativas estavam um tantinho mais altas e nem todas foram alcançadas. O vampirismo e sensualidade andam de mãos dadas, por isso o livro tem cenas quentes e sensuais, mas não se preocupe porque não é o centro da trama, apenas um tempero a mais.

O livro tem várias referências artísticas de pinturas, mitologia grega, citações bíblicas e assim como na trilogia "O inferno de Gabriel", também vemos referências da obra de Dante, A Divina Comédia. O livro termina de forma abrupta e nos deixa angustiados para saber o que vai acontecer. Temos também algumas cenas extras da série e de "A Redenção de Gabriel" (Simplesmente fantásticas. Gabriel e Julia é muito amor), e um trecho do próximo volume ainda sem nome e data de lançamento (preciso saber urrrrr). É essencial ter lido "O Príncipe das Sombras" antes de ler este livro.

Quotes:
"Todo predador é a presa de alguma coisa."
"Quando um vampiro se alimenta de um humano, a ânsia de acasalar é avassaladora. Sexo e alimentação caminham juntos quase sempre."
"- Para sempre é muito tempo.
- Não quando se está dançando com a esperança."
"Amar é ouvir a verdade e mesmo assim escolher continuar amando."






15 comentários:

  1. Parece interessante, mas não me convenceu.
    Não sei, algo na trama não me encantou muito.
    Mas essa é a delicia da leitura não é? Um livro não atraente para uns pode apaixonar outros. :)

    Café com Letras

    ResponderExcluir
  2. Ola Brenda adorei saber que vampirismo e a sensualidade estão de mãos dados, são os elementos que me chamaram atenção. Fiquei com curiosa com o desenrolar dessa trama e as mudanças na protogonista. Já estou com esse livro . beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Brenda
    Não li nenhum livro do autor, mas conheci um pouco da outra trilogia através de resenhas. Apesar de parecer um livro muito bom, não faz meu gênero pelo lado meio hot. O romance parece bem eletrizante, mas no momento não estou pronto para livro mais quentes. Vou ficar com as fantasias por hora mesmo :)

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  4. Adoro livros que nos dão essa impressão de tudo estar indo por um caminho e aí de repente nos surpreendem com uma mudança. Mas confesso que estava mais animada para ler esse livro antes da sua resenha, ia me arriscar com os vampiros, mas aí você falou das cenas quentes e sensuais... e me deu muita preguiça. Além do mais, não sabia que havia relação com a série O Inferno de Gabriel, que não li. Agora se eu um dia resolver ler vou querer ler tudo na ordem... hehe... acho realmente difícil eu tomar essa decisão.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  5. Oi, Brenda!
    Eu quis ler a trilogia Gabriel quando lançou, mas depois saíram as resenhas e não sei por que eu me desanimei. Quando chegou essa outra, que mistura sobrenatural, aí que eu desempolguei de vez. Não consigo entender como juntar 2 séries sendo uma fantástica e outra não.
    A parte das citações e referências me atrai, porque gosto desse lance de intertextualidade, mas tem outras coisas que não me convencem. Enfim, é esperar sair outra história pra ver se a próxima vai. Rs
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Caramba! quero ler esse livro urgentemente. Nunca li nada do autor, mas sei da fama que ele mantem e estou super curiosa e ansiosa para apostar em algum livro dele. Gosto muito desses livros que guardam mistérios, sensualidade no ponto certo, e, ainda por cima tragam informações sobre culturas e conhecimentos em gerais. Bela resenha, parabéns!

    Beijos,
    Palácio de Livros

    ResponderExcluir
  7. Oi Brenda, sua linda tudo bem?
    Como eu quero ler essa série, você não faz ideia!!!!! Ela é perfeita: tem vampiro (que eu adoro), é sensual na medida certa, fala sobre arte, sobre Dante (que eu também adoro), traz nosso lindo casal de volta, e tem um príncipe que não é encantado, risos..... Amei!!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá Brenda, esse livro parece ser muito bom, adoro quando o livro trás citações e referencias *--* Se tiver uma chance vou lê-lo com certeza...

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  9. Oi Brenda. Para ler a transformação de Raven é preciso ler O príncipe das sombras primeiro ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Hayla, tudo bem?
      É preciso sim. O conto é a introdução da série. ^^
      Bjin da B

      Excluir
  10. Oii... Ainda estou no capítulo 17, e só quero saber de uma coisa, o que significa Cassita Vulneratus? Sei que Cassita é um povo da antiguidade e que Vulneratus é, algo ferido/vulnerável. Mas ainda não consegui encontrar alguma relação com a Raven, e s podemos traduzir estas palavras ao pé da letra. Se alguém souber a resposta, me diga por favor. Bjs.
    P.s: Antes mesmo de começar a ler A Transformação de Raven, já sabia que iria me apaixonar, SR ganhou meu coração em O inferno de Gabriel ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou responder meu próprio comentário kkk porque após mas um tempinho de leitura, (acho) que já estou começando a fazer relação Cassita Vulneratus com a Raven, na verdade apenas o Vulneratus mesmo, mas Cassita ainda não estou relacionando. Se alguém puder me dar uma luz a esse respeito... :)

      Excluir
    2. Oi Laryssa, no livro diz que significa cotovia ferida.

      Bjin
      ;)

      Excluir
  11. Boa tarde!
    vocês poderia me dizer em que capitulo fica essa citação "- Para sempre é muito tempo.
    - Não quando se está dançando com a esperança.?" Obrigada

    ResponderExcluir
  12. Olá! Nossa essa resenha é linda,confesso que sou suspeita pra falar sobre SR,sou apaixonada pela trilogia Inferno de Gabriel e essa trilogia de Florência também esta tomando meu coração!! Bjss

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!



ilustração por Lanillu | desenvolvido por Sete Coisas | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT © 2014