26 maio 2015

Resenha: O Príncipe dos Canalhas - Loretta Chase

Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent... Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu. Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho. Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes. Skoob 

Autora: Loretta Chase
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Nota: 5/5 FAVORITO

O Príncipe dos Canalhas, Ganhador do Prêmio RITA de Melhor Romance Histórico, da autora Loretta Chase foi publicado aqui no Brasil pela Editora Arqueiro. Numa clara adaptação de A Bela e a Fera, o livro conta a história de Sebastian Ballister e Jessica Trent.

Sebastian Ballister, marquês de Dain, é mais conhecido com lorde Belzebu: um homem perigoso, depravado e um perfeito canalha. No começo do livro temos um prólogo que conta um pouco de sua infância. Sua mãe fugiu com outro homem, seu pai sempre o rejeitou, na escola era constantemente humilhado pelos colegas e depois de adulto nenhuma dama deseja qualquer compromisso com ele. Isso tudo porque o marquês não tinha a aparência desejável para época, com um nariz grande, muito alto, forte era considerado uma besta por todos. O amor e carinho foram retirados desse homem ao longo de sua infância e acabou tornando-se uma pessoa fria e egoísta, causando terror e medo para a sociedade.

''[...] O mundo o enfiou em latrinas, provocou-o, zombou dele e o agrediu. O mundo se afastou dele e o fez pagar por toda a mentira mesquinha que se passava por felicidade. O mundo tentou forçá-lo a se submeter, mas ele não cederia, e Dain ditou seus próprios termos.''

Jessica Trent é uma mulher de 27 anos, com uma aparência encantadora, uma inteligência aguçada e uma dama respeitável. Mas se você pensa que ela é aquela protagonista virginal está enganado. Ela pode até ser virgem, mas é liberal, segura e independente para seu tempo. Jess não preocupa-se com tabus e as regras da sociedade, a mesma deseja abrir uma loja de mercadorias e não pensa em casamentos. Mas antes de qualquer coisa, ela precisa ir para Paris para resgatar seu irmão, Bertie Trent, das garras do nefasto marquês de Dain e, diferente das outras pessoas, Jessica não tem medo do lorde. 

Dain preocupa-se apenas com sua vida depravada e só recebe ''afeto'' de uma mulher quando ele paga por isso, sendo muito conhecido por cortejar todas as prostitutas em questão. Jessica é a única que percebe a beleza e a virilidade de Dain, e para ela a fera na verdade é um garanhão: grande, de proporções esplêndidas e musculoso, sendo uma tentação para seus pensamentos e desejos. Já o marquês nunca conheceu uma mulher como ela e fica impressionado em como a jovem não tem medo da aparência dele, mas também sente um forte atração por essa mulher diferente.

Dain herdou todos os títulos e herança do pai, somada com sua inteligência tornou-se um dos homens mais ricos da Europa Ocidental. Apesar de ser uma canalha, fica nítido que o lorde é inseguro e acredita ser uma aberração, todo o bullying que ele passou acabou transformando num homem duro e arrogante. Eu simplesmente fiquei encantada por esse homem, apesar de não ser nenhum romântico, Dain é leal e justo. 

Nas primeiras 100 páginas eu já estava sem fôlego com tantas coisas que aconteceram e me diverti horrores, principalmente nas cenas em que ambos estão brigando. Jessica é divertida, hilária, sabe lidar com Dain como ninguém e nem uma palavra seria qualificada para interpretá-la, nunca conhecia uma protagonista tão maravilhosa e esplêndida. Se você acredita que é mais uma história de jovem inocente e lorde conquistador está completamente errado, pois esses dois quase me mataram de tanta risada e são tantas provas de coragem e inteligência que fiquei enlouquecida. É um livro que desperta todos os sentimentos possíveis no leitor: emoção, alegria, felicidade, tristeza e pena. Com certeza O Príncipe dos Canalhas mereceu o prêmio RITA e é um dos livros mais envolventes do gênero, autora é escandalosamente talentosa.

É um romance de época totalmente bem escrito e o destaque de Loretta Chase é que seus personagens não são consideráveis perfeitos, eles são imperfeitos e isso os tornam tão reais. O Príncipe dos Canalhas é uma trama cheia de armadilhas, apostas, intrigas, humor e com uma pitada de sensualidade. A capa do livro é linda, a diagramação está básica e a letra num tamanho agradável para leitura. Em suma, recomendo este romance de época brilhante e encantador.

Quotes:
''Comece a rezar, Dain - disse ela.''
''A Bela e a Fera.''
''No meu dicionário, romance não é um sentimento piegas e pegajoso - disse ela. - É algo picante, temperado com entusiamo e uma boa dose de cinismo.''





 

13 comentários:

  1. Oi Jéssica, tudo bem?
    Nossa, você me deixou louca para conhecer mais sobre a história de Dain e Jessica. Nunca li nada da Loretta e nem costumo ler romances de época mas esse livro me deixou bastante curiosa. Adorei a sensibilidade da sua resenha, espero me divertir e ter tantas emoções quanto você disse lendo essa história.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá! Sou apaixonada por romances de época e quero muito ler esse =) A história parece ser incrível, assim como a narrativa da escritora, que estou curiosa para conhecer. Sua resenha me deixou ainda com mais vontade de conferir a obra haha Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oláá!

    Eu não pedi esse livro porque achei que a história não fosse tão boa assim, vamos dizer que esse titulo não me atrai tanto assim. Fiquei muito feliz em saber que estava equivocada, mas eu preciso confessar que esse titulo não me atrai muito. Acaba me tirando a vontade de ler :(
    Enfim, obrigada por me mostrar que o livro é muito mais do que eu imaginei que fosse :D

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, amo romances históricos e releitura de contos de fadas <3 Então com certeza fiquei morrendo de vontade de lê-lo e ainda sabendo que a autora consegui escrever personagens que não são perfeitinhos e sim real me deixou com mais vontade ainda *--*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  5. Não tinha a menor ideia de que era uma adaptação de A Bela e A Fera! *-* Não tinha me interessado, mas acabou de ser incluído na lista de desejados! Adorei saber que os personagens quase te mataram de tanta risada, rs, é sempre bom ter um livro divertido assim à mão. E se você qualifica a Jessica como maravilhosa e esplêndida, bem, preciso conferir.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi Jéssica, tudo bem?
    Nossa, estou desejando esse livro desde que vi ele nos lançamentos da Arqueiro. Ele com certeza parece ser um livro ótimo e bem divertido, né? Espero ler ele em breve.
    Beijos
    Carol
    www.sobrevicioselivros.com

    ResponderExcluir
  7. Adoro romances históricos, e esse ai ta bem completo pelo que vi por sua resenha! Gosto muito dos livros da Arqueiro, essa capa está linda!! Já vou marcar ele no Skoob!!!

    Obrigada por participar do sorteio no meu blog! Estou seguindo o seu, adorei!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá... Jessica, tudo bem?
    Adorei a sua resenha... porque fiquei bem interessada neste livro e quando descobri sobre esse enredo fiquei mais interessada ainda... o livro tem todos os ingredientes de romance histórico que amo ler... a parte das risadas é um detalhe a parte que me chamou muito atenção... fora essa capa inusitada que me deixou super curiosa... xero!

    ResponderExcluir
  9. Oiiii
    Estou mega curiosa com esse livro. Apesar de não ser muito fã de livro de época, a história parece sair do convencional e isso atraiu muito a minha atenção.
    Espero conseguir ler em breve.

    Beijos
    http://www.sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    A Arqueiro está arrasando com esses romances de época. Sem nem mesmo ter lido já gostei da protagonista só pela sua descrição. Parece ser uma leitura deliciosa.
    Abraços

    www.estantejovem.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Jé!
    Eu adorei a nota que você deu pro livro!! Hehehe
    Eu quero muuuuito ler esse livro, a cada resenha eu fico mais animada! Esse final de semana eu viu atrás desse livro! :D

    Beijos,
    Fernanda
    www.oprazerdaliteratura.com.br

    ResponderExcluir
  12. Amo romances de época e esse parece ser um dos que vou adorar ainda mais! Gosto de personagens femininas fortes, que apesar da época, tentam se impor e não se submetem a todas as regras da sociedade. Dain parece ser um personagem interessante, diferente dos que conheci em outros romances. Ele teve uma vida difícil, não é bem visto por seus pares e por isso deve sofrer bastante...acho que formarão um casal incrível, devido a suas personalidades fortes. Muito ansiosa para ler esta história.

    ResponderExcluir
  13. Olá! Fiquei muito curiosa em ler este livro depois desta resenha, mesmo sendo um livro de época chamou muito a minha atenção.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!



ilustração por Lanillu | desenvolvido por Sete Coisas | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT © 2014