23 setembro 2015

Resenha Nacional: Supernova - O Encantador de Flechas - Renan Carvalho

Imersa em uma ditadura implacável, a isolada cidade de Acigam sofre com a ameaça da guerra civil. De um lado, a Guilda, um grupo que utiliza os ensinamentos da Ciência das Energias para exigir direitos para a população. Do outro, um governo tirano, resguardado por soldados especialistas em aniquilar magos nome vulgar dado aos praticantes da tal ciência. No meio desse conflito vive Leran, que, após ser tragado para a rebelião, tenta aprender mais sobre sua misteriosa habilidade de encantar objetos com a energia dos elementos.
Com uma narrativa envolvente e reviravoltas incríveis, Supernova: O Encantador de Flechas é um livro que vai arrebatar os fãs de fantasia. SkoobSite do autor

Autor: Renan Carvalho
Editora: Novo Conceito (Selo Novas Páginas)
Páginas: 427
Nota: 4/5

Sabe aquele livro que você nunca ouviu falar, mas que te fisga, te pega de jeito e você pensa: ‘Noooossaa, como não li isso antes?’ Então, é esse livro! Vem comigo que você vai entender. Supernova - O Encantador de Flechas, do autor nacional Renan Carvalho, foi publicado pela editora Nova Conceito, no selo Novas Páginas.

A história se passa na cidade de Acigam, um lugar em que a população é oprimida pelo governo de uma forma bem sutil. Parte da população vive em pobreza absoluta, outra parcela vive razoavelmente bem por fazer parte da ala de comerciantes do local e a terceira parte vive com muito luxo por ser parte do governo.

É nesse cenário que eu conheci Leran Yandel, um menino que está fazendo as últimas provas do último ano escolar. Ele vem de uma família de comerciantes, mora com a mãe e Luana, sua irmã mais nova. Eles perderam o pai cedo devido a um acidente e justamente por saber a força da ausência do pai, ele visita a loja do avô nas horas vagas. Le, como todos o chamam, é um exímio arqueiro, mas por ser muito observador é taxado como alguém que vive no mundo da lua. Graças as aulas que recebe de seu avô, passa a ter uma percepção diferente do governo e do fechamento das fronteiras da cidade anos antes. Leran percebe que o conteúdo ensinado na escola distorce a realidade conhecida pelo mundo fora dos muros da cidade.

“Três das seis energias primárias são racionais: água terra e luz. As demais são emocionais, por exemplo: A ambição é relacionada às trevas. A calma é a característica de uma pessoa da água.”

O governo proíbe o uso de magia na cidade, mas seu avô o ensina a fazer encantamentos escondido. Para Le, isso é uma coisa muito normal, mas na noite em que se atrasa para voltar para casa, ele percebe que coisas estranhas acontecem na cidade longe dos olhos da população. Quando ele puxa esse fio percebe que manter o povo ignorante é parte do plano do governo para ocultar algo muito maior. Quando descobre parte dos motivos da luta entre o governo e a Guilda, ele se vê obrigado a entrar de cabeça no mundo da magia para proteger sua família. No meio do caminho ele conhece Judra, uma garota enigmática que conquista seu coração.

A história tem momentos eletrizantes e de muita tensão que contribuem para deixar o enredo bem interessante. Confesso que gostei muito da construção dos personagens. Ele dá muitos elementos para que você entenda quem é o Le e que fatos o levaram a ser como é e isso acontece também com Judra, ele faz questão de explicar sua origem e que caminhos a levaram a ser quem ela é. Ele deixa Luana com um papel secundário, mas através dos olhos do irmão conseguimos entender um pouco dela também.

Para mim, quanto mais eu conheço os personagens melhor eu me engajo na história. E Renan conseguiu trabalhar isso muito bem no decorrer da história. Ele deu complexidade aos personagens e ao ambiente que os envolve. Confesso que pelo título do livro esperava mais momentos do Encantador de Flechas, mas acho que consegui entender porque isso não aconteceu.

O final foi para um rumo completamente diferente do que eu esperava, eu desenhei uma coisa na minha cabeça na metade do livro mais ou menos, mas ele seguiu por outro caminho no quarto final e deu indícios do rumo que seguiria durante o texto. Eu gostei bastante de Supernova, a história é muito boa e vale a pena entrar na lista de leitura. Já estou ansiosa para ler o segundo, A Estrela dos Mortos, que saiu esse mês também pela Novo Conceito, e chateada em pensar que o terceiro livro só sai em 2017. De dois em dois anos não dá! Meu coração palpita só de pensar na demora, assim eu não aguento! #liberaRenan

Quotes:
“Lá Fora, todos têm a possibilidade de fazer o que Acigam chama erroneamente de ‘magia’. É algo normal na vida deles.”
“Enquanto estamos de mãos dadas, sinto o calor que emana de seus dedos e, por alguns instantes, fico tão seguro e aconchegado que me disperso; apenas miro seu rosto doce e aproveito esse momento gostoso.”
“Moradores de Acigam, precisamos de sua ajuda para combater aqueles que, por forças do mal, fazem magia e são a causa dos males que assolam nossa cidade.”
“Cadorcia está transformando um conflito político em uma guerra ideológica muito mais séria, cultivando o ódio pela magia.”
“A situação saiu totalmente do controle. Não achei meu avô e agora estou fugindo de guardas para salvar minha própria vida. Onde será que ele está?"

Ps.: Também escrevo resenhas em um outro blog, se quiser conhecer clique AQUI.




6 comentários:

  1. Amei a resenha, Jéssica. Parece ser muito interessante, mas não faz muito meu estilo de livros. Eu ADORO livros juvenis assim, porém não curto muito histórias com magia e etc, rs.

    www.vodkaescarpin.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda!

      Que bom que gostou da resenha!
      A magia é meio que secundária no livro, acho que você pode gostar desse. Tenta ler o primeiro, as vezes a história pode te surpreender.

      Beijos!

      Excluir
  2. Eu lembro quando esse livro foi lançado mas não tive muito interesse para ler.
    Gostei muito da sua resenha. Adoro quando livros me encantam quando eu penso que vai ser aquela mesma coisa.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza!

      Estou gostando muito da série, é muito bem escrita. Agora falta só o terceiro, mas ainda vai demorar um pouco para ser publicado.

      Beijos!

      Excluir
  3. Oi, Ana! Eu amei esse livro, tipo MUITO! <3 Ainda to dando uma enrolada para ler Estrelas dos Mortos justamente por pensar que o próximo vai demorar bastante para sair. Quando terminei o primeiro fiquei numa ansiedade monstra.
    Beijos
    SIL | Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silviane!

      Você sabe como eu me sinto então! Só descobri que o terceiro seria publicado em 2017 quando já estava lendo o segundo, agora estou órfã sofrendo, mas tenho muito o que ler até lá então dá para esperar tranquilamente, eu acho xD

      Beijos!

      Excluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!



ilustração por Lanillu | desenvolvido por Sete Coisas | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT © 2014