01 novembro 2015

Resenha Nacional: A Estrela dos Mortos - Renan Carvalho

Após deixar sua cidade natal, Leran está perdido em busca de uma pessoa que possa ajudar sua irmã Luana a controlar seus poderes. Enquanto foge de caçadores colocados em seu encalço, o arqueiro conhecerá novos lugares e aliados para sua jornada. Ao mesmo tempo, Tlavi, a jovem Estrela da Cura, tenta desvendar os mistérios de um criminoso capaz de erguer as forças das trevas no território pacificado do Reino Central. O caminho desses personagens está ligado pelo destino. Será que poderão lutar juntos para descobrir como vencer os novos inimigos? Conseguirá Luana despertar sua verdadeira força? Como Leran agirá diante da evolução dos poderes da irmã? É o que você vai descobrir em Supernova: A Estrela dos Mortos. Skoob / Site do autor

Autor: Renan Carvalho
Editora: Novo Conceito (Selo Novas Páginas)
Páginas: 463
Nota: 4/5


Eu quero começar essa resenha externando uma antítese que me assola: Tô triste, sofrida que só por saber que vai levar DOIS longos anos para eu poder ler o desfecho dessa história, mas ao mesmo tempo preciso reconhecer que isso me deixa feliz porque o tempo faz muito bem ao amadurecimento do Renan.

A Estrela dos Mortos é, de fato, uma continuação da história que se iniciou em Acigam, mas você vai ver que ela já começa completamente diferente. Logo de cara você entra na cabeça de uma personagem diferente, Tlavi Hur, a Estrela da Cura, você vai acompanhar medos diferentes em um pedaço do mapa que sequer foi citado na história anterior e por alguns capítulos nem vai se lembrar que Leran e Luana existem.

"Os seis senhores do mundo governaram seus recintos, sem interferir no domínio dos irmãos. No entanto, mesmo que não tivessem a intenção de expandir seus territórios, suas energias eram grandiosas demais para se limitarem a pequenos lotes de terra."

Depois de acompanhar a investida dos Paladinos contra a energia das trevas que destruiu tudo que era vivo em Cimerium, uma cidade ao norte de Nuanto, você vai descobrir que existem muito mais estrelas do que Nagisa e Luana. Vai entender melhor qual é o papel delas no mundo e que elas têm um modo muito particular de se comunicar.

Vai conhecer mais da organização administrativa da Cidade Dourada e também de Tênus, uma cidade bastante populosa e com características muito peculiares. Vai perceber que as Estrelas as vezes fazem escolhas que não tem volta, mas vai ver também que as vezes elas se valorizam demais e são imprudentes ao achar que devem resolver tudo sozinhas.

Quando a história volta para Leran e Luana, novos personagens continuarão sendo apresentados e você vai ver que todos eles são importantes dentro da trama montada pelo autor. E essa é uma melhoria em relação ao primeiro livro, que tem uma quantidade considerável de personagens, mas nem todos tem algo a contribuir com a história.

O legal dessa segunda história é que você conhece o mundo fora dos muros de Acigam e, principalmente, como as energias são praticadas nas ruas como se não fosse nada demais. Vai ver que Leran e Luana não sabem nada sobre a realidade, mas talvez isso a mantenha protegida da própria prepotência típica das estrelas. As vezes ser capaz de produzir e controlar grandes quantidades de energia pode subir a cabeça, principalmente quando você descobre que tem a missão de manter o equilíbrio do mundo.

A profundidade dos personagens nesse livro é maior, a trama tem a mesma elaboração do livro anterior, mas ele consegue trabalhar melhor os elementos e isso faz com que o leitor entenda melhor cada trecho da história. Só lá pelo meio do livro é que você entende como a história de Tlavi e a de Leran vão se cruzar lá na frente e a forma como o autor conduz isso é muito interessante.

O final da história é dúbio, você não sabe se o mal foi destruído e nem tem certeza de quem está aliado a quem, mas de uma coisa eu tenho certeza, o tempo fez muito bem ao Renan. A evolução da escrita é perceptível sem muito esforço, alguns pontos do texto poderiam ter sido mais bem explorados, mas isso não tira a qualidade da história.

Agora só me resta arrastar corrente até 2017 para poder saber como vai terminar a história. O último livro se chama: O Satélite de Ferro e ainda não tem muitas informações além do ano de lançamento. E eu gostaria de deixar aqui um pedido: Renan, coloca um capítulo só da Luana, a gente precisa entrar na cabeça dela e entender um pouco mais do que se passa no íntimo dessa estrela tão incomum. Sinto falta disso desde o primeiro livro T.T

Espero que vocês se envolvam com a história tanto quanto eu!

Quotes:
"E de fato seria fácil, se o motivo das mortes fosse uma doença, mas desde que cheguei ao alto portão de aço enegrecido, essa hipótese caiu por terra."
"Quando finalmente ouso me virar, encaro o que, sem dúvidas, é a pior coisa que já vi em toda a minha vida: grandes olhos vermelhos enervados, uma boca capaz de engolir minha cabeça sem mastigar (...) ele é quase do meu tamanho, um urso em formato de canídeo, sedento por sangue."
"- Você é uma menina mimada, isso sim - falo sem medir as consequências. - Não estou nem aí se você é uma Estrela, se quer ser dona do próprio nariz e se carrega essa porcaria de farol. Sou seu irmão mais velho, responsável por sua segurança, e você vai fazer o que eu estou mandando!"

 


5 comentários:

  1. Oi Ana, quero muito ler esta serie, mas justamente por só terminar em 2017 é que não comecei a leitura ainda.
    Bjs, rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rose!

      Estou gostando muito, mas sofrendo por só saber o final daqui a dois anos, acho que até lá vou ter que reler para lembrar os detalhes, mas não desanime! Vai valer a pena.

      Beijos!

      Excluir
    2. Oi Rose!

      Estou gostando muito, mas sofrendo por só saber o final daqui a dois anos, acho que até lá vou ter que reler para lembrar os detalhes, mas não desanime! Vai valer a pena.

      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Ana
    Eu to querendo ler essa trilogia, mas esperar esse tempo todo pela continuação. Vou esperar
    publicar tudo para ler.
    Ótima resenha. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Simone,

      Quando eu descobri esse fato já estava lendo o segundo então não tinha mais volta, mas eu estou gostando bastante da série. O Renan é bem maduro no que escreve e cuida bem dos personagens, gosto dessa sensação de que os personagens são bem trabalhados e você conhece detalhes da personalidade deles.

      Permaneço sofrendo até 2017 Hahahaha

      Beijos!

      Excluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!



ilustração por Lanillu | desenvolvido por Sete Coisas | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT © 2014