04 janeiro 2017

TOP 10 - Autores Nacionais

Oi, gente! Voltamos com um top 10 especial só que agora é a hora de indicar os escritores da nossa terrinha, cujas histórias nós deixaram sem fôlego e com o coração algumas vezes partidos ou outras vezes recheados de amor.


10. Silvia Fernanda
Brenda: Logo depois do sucesso de "Cinquenta Tons de Cinza" o mercado literário explodiu com várias outras histórias de romance hot com protagonista masculino dominador e mulher submissa. Por ter sido o primeiro livro do gênero hot que li, na época achei bastante interessante e procurei por outros, mas com tantas semelhanças por aí foi difícil achar algum que realmente me agradasse até conhecer "30 Dias com Camila". Adorei a história onde a mulher toma as rédeas da situação deixando de ser apenas uma mocinha indefesa como na maioria dos livros desse gênero, sem falar na personalidade da própria personagem. A autora ainda consegue escrever cenas sensuais sem usar termos pejorativos o que para mim só deixou ainda melhor. Desse gênero, esse com certeza é o meu livro favorito.

9. Leonardo Barros
Jéssica: Apesar de ter destacado O Vampiro Imperador meu livro preferido do autor é o Presságio, um thriller policial envolvente com bastante suspense e mistérios. Já O Vampiro Imperador conta a história de Drucila e Dotan, ambos envolvidos em jogos de poder, traições e lutas épicas. A escrita do autor é fantástica e vale a pena você conhecer.

 8. Eduardo Spohr
Ana: Quando estava na faculdade uma amiga apareceu com A Batalha do Apocalipse na sala. Ela disse que fazia tempo que não lia nada, mas estava gostando da história. Guardei a capa do livro na cabeça e uns dois anos depois tive a oportunidade de ler e gostei muito da história de Ablon. Gostei da forma como ele criou as castas entre os anjos e a função de cada tipo de anjo no cosmo. Achei surreal a ideia de que o Deus está dormindo e que estamos vivendo o sétimo dia, gostei da forma como os arcanjos não foram tratados como seres magnânimos e que eles tem inveja e criam situações para acabar com a humanidade ou tomar de Deus. Fiquei intrigada com tudo, só achei que o final foi meio Bléh, não vou dar os motivos porque vou acabar contando spoilers, mas mesmo assim eu recomendo a leitura e leria de novo para relembrar os detalhes que podem ter passado despercebidos. Ainda não li Filhos do Éden, mas me disseram que nessa trilogia ele melhorou ainda mais a escrita e o final não deixa a desejar. Estou curiosa para conhecer!

7. Keila Gon
Jéssica: Cores de Outono é o primeiro volume da saga Cores que conta a história de amor de Melissa Wels e do misterioso Vincent Dippel. A autora introduz em sua trama elfos, fadas, magos e um mundo mágico totalmente diferente do que pertencemos. Com uma escrita fácil, leve e contagiante Keila Gon é uma das grandes autoras nacionais contemporânea.

6. Camila Moreira
Brenda: Camila Moreira, 27 anos, é taurina e estudante de Direito e Letras. Goiana de nascimento e mato-grossense de coração, a funcionária pública municipal começou a escrever nas horas vagas, no final de 2013. Da autora, a Suma de Letras já lançou O amor não tem leis, O amor não tem leis – O julgamento final que tiveram repercussão internacional: Camila foi citada pelo jornal americano The Washington Post como referência da nova literatura erótica brasileira. Eu já tinha gostado de "O amor não tem leis", mas 8 Segundos tornou-se meu favorito e com certeza ela não poderia ter escolhido um nome melhor para esse livro. Oito segundos está longe de ser um romance água com açúcar, mas também não é só mais um romance hot. A história é muito bem trabalhada e equilibrada entre o cômico e o drama, passando por uma paixão arrebatadora a descoberta do amor verdadeiro. É um livro sobre autodescoberta e amadurecimento, que ressalta as coisas mais importantes da vida. Fala também sobre destino, escolhas e perdão. O crescimento dos personagens foi muito natural conforme as coisa iam acontecendo. Amei o desfecho. Acho que não teria imaginado outro melhor. Não tem como não se envolver com "Oito Segundos". É o tipo de livro que a gente termina e fica com saudade e volta para reler suas partes favoritas.

5. Vinicius Grossos
Ana: Conheci esse autor esse ano através do livro O Garoto Quase Atropelado, fiz até resenha aqui no blog contando como achei a história profunda e delicada. Acho que o único livro dele que ainda não li é o Sereia Negra, mas depois da leitura de 1+1 passei a achar que o foco dele é abordar a transformação dos personagens. Em OGQA ele mostra como o garoto se transformou após aceitar as tragédias que aconteceram em sua vida e como fazer novos amigos foi importante nesse processo. Já em 1+1 o foco é o amor que sempre esteve lá e se modificou, mas essa transformação não foi percebida inicialmente por Lucas e Bernardo causando confusões e estranheza, no início, mas depois acabou por fortalecer o relacionamento dos dois fazendo com que eles caminhassem em direção ao auto conhecimento. Sei algumas críticas que envolvem a escrita do autor, concordo com algumas, mas não acho que isso diminua a qualidade da escrita ou tire o mérito dele de criar histórias que abordam a necessidade de precisarmos nos conhecer, por isso indico a leitura!
Atualização: Assisti As Vantagens de ser Invisível pela primeira vez e confesso que está difícil defender o autor depois disso. Comecei a ler o livro de Stephen Chbosky para bater o martelo sobre o que penso com relação as histórias, depois conto para vocês. 

4. Camila Dornas
Jéssica: Eu amo romance de época e sempre que posso leio algum livro desse gênero, diante de várias autoras destaco aqui Camila Dornas com uma escrita dinâmica e envolvente. A autora publicou dois livros até o momento, mas espero ansiosamente por outras obras. Mas destaco que Subconsciente é meu favorito dela, com uma protagonista valente e trabalhadora que encanta o leitor desde o começo.

3. LRDO
Jéssica: Não é novidade para ninguém que acompanha o blog que eu sou completamente apaixonada por Jane Austen. Conheci a Laís, que usa o pseudoanônimo LRDO e li seu livro, Primeiras Impressões, ano passado. Fiquei encantada com essa adaptação moderna de Orgulho e Preconceito. Quem gosta de romance, de Austen, de Lizzie e Darcy tem que ler esta adaptação. Estou ansiosa para que a autora lance outras obras baseadas em Jane Austen.

 2. Maurício Gomyde
Ana: A Jess me deu de presente de aniversário o livro A Máquina de Contar Histórias, eu nunca tinha lido nada dele, mas já tinha recebido muitas indicações falando que eu não me arrependeria, pois ele escreve muito bem. Realmente não houve arrependimento e me identifiquei muito com a história da família V. Vinícius é um autor pop star que está em uma turnê de lançamento de mais um livro seu quando recebe a notícia de que sua esposa perdeu a luta contra o câncer e morreu. Além de ter que lidar com a perda do amor de sua vida ele vai precisar prestar contas a família, principalmente a filha adolescente, depois de um longo período de ausência. É um livro sobre relações familiares e sobre como as nossas escolhas afetam todos a nossa volta. Ainda não tive a oportunidade de ler outros livros dele, mas não vejo a hora de conhecer novas histórias. Se você já leu todos, não se desespere, ele está escrevendo um novo livro e ano que vem devemos ficar a par das novidades, falta pouco!

1. Kel Costa
Jéssica: Aqui os humanos sabem da existência dos vampiros, até mesmo vivem na sociedade com ele de forma tranquila. Os grandes inimigos dos vampiros aqui não são os lobisomens, mas sim os mitológicos. Eles são divididos em centauros e minotauros, que se alimentam de carne crua, ou seja, são predadores dos humanos. A história central da trilogia Fortaleza Negra é da humana Aleksandra Baker e o vampiro Mestre Mikhail. A escrita da autora é excelente e adorei a forma como ela inseriu esses seres sobrenaturais na sociedade e vale a pena conhecer a escrita da Kel, principalmente se você gosta de literatura vampiresca.


Gostaram? Quais são os autores nacionais que vocês gostam? Digam aí nos comentários.


2 comentários:

  1. Oi Jéssica
    Mesmo sendo apaixonada por literatura nacional, nunca li nenhum dos autores indicados, embora conheça alguns. Sempre tem indicação de autores nacionais lá no blog ;)
    Beijinhos

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  2. Amei ter sido lembrada! E adorei a lista! Não li o trabalho de todos os autores citados, mas são pessoas queridas e extremamente elogiadas por quem apoia nossa literatura. Parabéns pelas indicações :*

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!



ilustração por Lanillu | desenvolvido por Sete Coisas | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT © 2014