21 junho 2017

Resenha: Irmãos de Sangue - Nora Roberts

A misteriosa Pedra Pagã sempre foi um local proibido na floresta Hawkins. Por isso mesmo, é o lugar ideal para três garotos de 10 anos acamparem escondidos e firmarem um pacto de irmandade. O que Caleb, Fox e Gage não imaginavam é que ganhariam poderes sobrenaturais e libertariam uma força demoníaca.
Desde então, a cada sete anos, a partir do sétimo dia do sétimo mês, acontecimentos estranhos ocorrem em Hawkins Hollow. No período de uma semana, famílias são destruídas e amigos se voltam uns contra os outros em meio a um inferno na Terra.
Vinte e um anos depois do pacto, a repórter Quinn Black chega à cidade para pesquisar sobre o estranho fenômeno e, com sua aguçada sensibilidade, logo sente o mal que vive ali. À medida que o tempo passa,
Caleb e ela veem seus destinos se unirem por um desejo incontrolável enquanto percebem a agitação das trevas crescer com o potencial de destruir a cidade.Em Irmãos de sangue, Nora Roberts mostra uma nova faceta como escritora, dando início a uma trilogia arrebatadora em que o amor é a força necessária para vencer os sombrios obstáculos de um lugar dominado pelo mal. Skoob | Comprar: Amazon | Submarino | Saraiva | Americanas

Autora: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Nota: 4/5

Tudo começa quando três garotos que nasceram no mesmo ano e dia se aventuram na floresta da cidade. Três amigos que queriam apenas se divertir no dia de seus aniversários acabaram provocando um tremendo caos. Caleb, Fox e Gage acabaram libertando um força demoníaca que a cada sete anos, a partir do sétimo dia do sétimo mês e durante sete noites, faz com que a pequena cidade de Hawkins Hollow se torne um inferno. Tudo de ruim que a humanidade pode fazer aparece por lá.

Depois de vinte um anos, a escritora/jornalista Quinn Black chega a cidade para fazer uma pesquisa sobre esses estranhos acontecimentos e pretende escrever um livro sobre tudo isso. Caleb será seu ponto de partida e os dois acabam sentindo uma conexão e química estranhamente familiar, que vai deixar ambos confusos e curiosos para saber se devem seguir os próximos passos.

O início a leitura foi um pouco cansativa e sem muito atrativo, mas eu não desisti e fiquei aguardando até melhorar. Por sorte depois da página 50 as coisas foram melhorando e a leitura se tornou bem agradável e rápida. Os personagens são bem desenvolvidos e já pude conhecer os outros protagonistas da trilogia e achei a escolha de Nora ótima.


Eu adoro quando a Nora Roberts escreve sobre magia. Já perdi a conta de quantos livros dela eu li e os romances são ótimos também, mas a magia sempre me encantou e ela tem uma forma peculiar de contar histórias assim. A diagramação do livro é básica da editora com uma fonte boa para leitura e sem erros de tradução.

O casal desse romance se completa e fica perfeito junto. De um lado a garota da cidade: comunicativa, escritora, curiosa e persuasiva (de um jeito bom). De outro lado o garoto da cidade pequena: inteligente, amoroso com as pessoas, que cuida dos negócios da família, carinhoso e que deseja uma vida tranquila. 

Irmãos de sangue é o primeiro volume da trilogia A Sina do Sete e é apenas a introdução para o que realmente vai acontecer nessa cidade. Estou bem curiosa para saber como esses personagens vão lidar com o caos novamente nos próximos volumes.

"Nós nascemos dez anos atrás, na mesma noite, na mesma hora, no mesmo ano. Somos irmãos."



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!



ilustração por Lanillu | desenvolvido por Sete Coisas | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - COPYRIGHT © 2014