Resenha: Lady Whistledown contra-ataca - Julia Quinn, Mia Ryan, Suzanne Enoch e Karen Hawkins


Quem roubou o bracelete de lady Neeley?
Terá sido o caça-dotes? O apostador? A criada? Ou o libertino? Londres está fervendo com as especulações, mas, se ainda restam muitas dúvidas, pelo menos uma coisa é certa: um desses quatro está envolvido no crime.
Crônicas da sociedade de lady Whistledown, maio de 1816
Julia Quinn encanta...
Um belo caçador de fortunas foi enfeitiçado pela debutante mais desejada da temporada. Agora ele precisa provar que o que deseja é o coração da jovem, não o dote dela.
Mia Ryan delicia...
Uma criada adorável e espirituosa está deslumbrada com as atenções românticas que tem recebido de um charmoso conde. Mas um relacionamento entre eles seria escandaloso e poderia arruinar a reputação dos dois.
Suzanne Enoch fascina...
Uma jovem inocente que passou a vida evitando escândalos de repente se vê secretamente cortejada pelo maior libertino de Londres.
Karen Hawkins seduz...
Um visconde que vaga sem destino volta para casa para reacender o fogo da paixão de seu casamento, mas descobre que sua linda e decidida esposa não será conquistada tão facilmente.

Autoras: Julia Quinn, Mia Ryan, Suzanne Enoch e Karen Hawkins
Editora: Arqueiro
Páginas: 352
Nota: 3,5/5

Lady Whistledown contra-ataca é um livro com quatro contos de quatro escritoras consagradas que trazem de volta a inesquecível Lady Whistledown, personagem da série Os Bridgertons, de Julia Quinn. Ela escreve colunas semanais sobre a sociedade londrina com uma pitada de ironia e ousadia, então a cada começo de capítulo temos uma coluna da Lady para colocar fogo na história.

Os quatros contos não são dos mesmos personagens, mas a história está interligada por causa do sumiço de uma pulseira. Os personagens passam a fazer parte de uma tremenda confusão quando a pulseira de Lady Neeley acaba sumindo e ao longo dos contos temos vários suspeitos.

O primeiro beijo escrito por Julia Quinn apresenta a história de Tillie Howard, uma jovem solteira charmosa, herdeira de um grande dote e filha do conde Canby. Seu irmão acabou morrendo durante a guerra e o melhor amigo dele é Peter Thompson. Com um porte alto e musculoso, ele tem uma aparência perigosa e depois de voltar da Guerra deseja encontrar uma esposa em Londres. Ele não é rico e precisa encontrar uma dama com um dote considerável para poder sobreviver, mas deseja fazer isso de uma forma honrada. Ambos acabam se conhecendo no jantar de Lady Neeley e, com certeza, estão envolvidos nesse arco da pulseira e vão se encantar um pelo o outro.

A última tentação escrita por Mia Ryan conta a história de Isabella Martin, dama de companhia de Lady Neeley, que é especialista em fazer festas maravilhosas. Ela está quase completando 30 anos e nunca foi beijada por nenhum homem. O maior desejo do pai de Anthony Doring, lorde Roxbury, é que seu filho se case, mas aos 35 anos ainda não se interessou por nenhuma dama, então ele pede ajuda a Isabella Martin para preparar uma festa com o objetivo do filho encontrar uma esposa. Isabella é uma dama espirituosa e cheia de alegria, já Anthony Doring é um lorde charmoso e inteligente.

Suzanne Enoch conta em O melhor dos dois mundo a história de Charlotte Birling, uma dama recatada e inocente, e Xavier, conde Matson, conhecido como um dos maiores libertinos de Londres. Ambos, como todos os outros personagens, estão interligados na trama e cada um vai dando uma pista do que pode ter acontecido com a pulseira, que não deixa de ser uma questão que ficamos curiosos para saber o destino final.

Charlotte Birling foi criada para não possuir um escândalo em sua reputação e casar de uma forma neutra. Seus pais não desejam um outro escândalo na família desde que a prima dela, Lady Easterly, foi abandonada pelo marido doze anos atrás após um escândalo. Então Charlotte vive uma vida impecável e sem fazer alarde e até seu futuro pretendente, Lorde Herbert, é enfadonho. O título não era destinado a Xavier, mas após a morte de seu irmão acabou se tornado conde e com ele veio as responsabilidades da nobreza. Claro que também aproveitou as oportunidades de ser um lorde e é considerado um dos maiores libertinos da cidade Londrina, mas não deixa de ser um partido disputado pela maioria das mães casamenteiras; menos é claro para a família de Charlotte e quando ambos ficam interessados um pelo o outro não será fácil para eles ficarem juntos.

O único para mim, da autora Karen Hawkins, fecha o ciclo dessa trama contando a história do lorde e lady Easterly. Sophia Hampton, viscondessa de Easterly, deseja a anulação de seu casamento após doze anos que seu marido a abandonou depois de uma confusão por causa de um jogo de cartas. Ela enfrentou os olhares de pena da sociedade por mais de uma década e sofreu a distância pelo fracasso do casamento, então agora deseja ser apenas livre. Maxwell Hampton não deseja acabar com seu casamento e retorna para ter a paixão de sua esposa, mas não será fácil conquistar Sophia novamente e com certeza está irritadíssima por todos esses anos que ele foi embora. 

Com certeza a história de Karen Hawkins foi a mais divertida e Sophia Hampton não tem papas na língua, trazendo cenas divertidas e aventuras para descobrir o paradeiro da pulseira de Lady Neeley. A última tentação também me agradou bastante e as cenas de Isabella são engraçadas e apaixonantes. Quinn tem uma escrita muito boa e nem preciso dizer quanto amor ela, mas seu conto não me conectou tão profundamente e foi um dos pontos para a leitura ter demorado bastante. Já Suzanne Enoch tem uma escrita rápida e gostei bastante dos personagens, somente achei o final um pouco sem graça.

Ultimamente estou sendo mais crítica com as leituras e até mesmo gêneros que curto facilmente não tem me agrado 100%, porém não sinto isso como uma coisa ruim e acredito que é importante para também encontrar outros gêneros e, quem sabe, conhecer histórias que tirem meu fôlego desde a primeira página. Apesar disso, Lady Whistledown contra-ataca foi uma leitura satisfatória e que vale a pena para curtir uma tarde tranquila. A diagramação é típica da editora com uma letra num tamanho ótimo para leitura e não encontrei nenhum erro de revisão.


0 comentários:

Deixe seu comentário

Obrigada pelo seu comentário. Volte Sempre!